A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

16/01/2017 14:10

Novos prefeitos têm de pagar logo salários atrasados, diz secretário de governo

Eleição com chapa única encabeçada pelo PSDB acontece até às 17h na Associação dos Municípios, em Campo Grande

Alberto Dias e Richelieu de Carlo
Secretário de Governo, Sérgio de Paula, coloca Governo do Estado à disposição da nova diretoria da Assomasul. (Foto: Arquivo) Secretário de Governo, Sérgio de Paula, coloca Governo do Estado à disposição da nova diretoria da Assomasul. (Foto: Arquivo)

Representantes do Governo do Estado acompanham de perto as eleições que acontecem nesta segunda-feira (16) para definir os novos diregentes da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). Para Sérgio de Paula, que comanda a Casa Civil, o pleito com apenas uma chapa mostra consenso, amadurecimento entre os prefeitos e, ainda, o fortalecimento da Associação.

Aos novos prefeitos, deixou um recado: os salários atrasados têm de ser pagos. "Sabemos das dificuldade financeiras que o País, o Estado e as prefeituras atravessam", disse, lembrando que 23 prefeituras não pagaram salário e o 13º em dezembro. "Os novos prefeitos terão de ter essa consciência e que terão que assumir isso, mas sinto todos eles aqui hoje muito animados na abertura dos trabalhos".

Sobre a composição da chapa, elogiou a pluralidade. "Todos os partidos que têm prefeito eleito estão contemplados. Isso representa o fortalecimento da classe política". Quanto ao provável novo presidente, Pedro Arlei Caravina - prefeito de Bataguassu, pelo PSDB - o secretário registrou sua aprovação. "É um prefeito reeleito, com experiência e com diálogo aberto com o Governo".

Para ele, quem mais necessita da Assomasul são os pequenos municípios, mas também elogiu a participação das prefeituras mais robustas, como de Campo Grande e Dourados, representadas pelos prefeitos Marquinhos Trad (PSD) e Délia Razuk (PR). "Isso é bom para a entidade, bom para o Governo e para os novos prefeitos que estão entrando", declarou.

Pela manhã, de Paula esteve no local de votação, onde encontrou boa parte da nova bancada tucana - o PSDB elegeu 36 prefeitos nas últimas eleições em Mato Grosso do Sul. No período da tarde devem passar pela Assomasul outros secretários estadais: Marcelo Migliori (Infraestrutrua) e Nelson Tavares (Saúde).

Às 16h30, é esperada ainda a presença da governadora em exercício, Rose Modesto. Também passou por lá o deputado estadual Beto Pereira, que presidiu a entidade em 2009, ao assumir o segundo mandato como prefeito de Terenos.

A votação encerra às 17 horas, na sede da entidade, situada na Avenida Eduardo Elias Zahran, 379, em Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions