A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/12/2015 09:34

Novos vereadores tomam posse na sexta e Câmara faz nova eleição dia 22

Antonio Marques
Novos vereadores assumem na sexta-feira e no dia 22 Câmara elege nova Mesa Diretora (Foto: Gerson Walber)Novos vereadores assumem na sexta-feira e no dia 22 Câmara elege nova Mesa Diretora (Foto: Gerson Walber)

As últimas sessões do ano na Câmara Municipal vão ser marcadas por posses e a eleição da Mesa Diretora. Na próxima sexta-feira, 18, acontece a posse de Roberto Santos Durães (PT) e Lívio Vianade Oliveria Leite (PSDB). No dia 22, ocorrerá a eleição para nova composição da Mesa Diretora da Casa. Com a saída dos três vereadores cassados por compra de votos ficam vagos os cargos de 2ª e 3ª vices-presidentes e 1º secretário.

Conforme a assessoria da Câmara, os vereadores cassados por decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Paulo Pedra (PDT), licenciado para assumir a secretaria municipal de Governo; Thais Helena (PT) e Vanderlei Pinheiro de Lima, o Delei Pinheiro (PSD) devem ser notificados nesta quarta-feira ou até mesmo hoje, se eles comparecerem na Casa.

Pedra, antes de se licenciar, era o 3º vice-presidente; Thais Helena é a 2ª vice-presidente; e Delei Pinheiro é o primeiro secretário. Como o presidente João Rocha (PSDB) não participará da sessão de hoje, ele deve informar a substituição dos vereadores na sessão da quinta-feira, 17, e convocar sessão de posse para a sexta-feira, 18, e a nova eleição da Mesa para o dia 22.

Nesta quarta-feira, não haverá sessão na Casa, apenas reunião com os secretários municipais de Ricardo Trefzger Ballock e de Planejamento, Finanças e Controle, Disney de Souza Fernandes, para esclarecer o não pagamento de funcionários comissionados da gestão do prefeito afastado Gilmar Olarte.

Conforme a assessoria da Câmara Municipal, os vereadores que estão saindo devem receber salários proporcionais até a data de notificação para deixarem os cargos. Da mesma forma, os que vão assumir os mandatos, que recebem a partir do dia da posse.

Diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral nesta segunda-feira, vereador de Campo Grande, o médico oftalmologista, Livio Viana de Oliveira, diz que vai cumprir o seu compromisso de campanha (formalizado em cartório) de doar o salário para instituições de caridade. Mas tudo ainda vai depender de uma conversa com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), para saber se deve permanecer no cargo de secretário-adjunto de Saúde ou assumir a vaga na Câmara.

O terceiro suplente que passa a titular é o também médico Eduardo Cury (PTdoB), que já havia sido empossado quando Paulo Pedra se licenciou, no final de agosto passado.

Agora, só falta a posse dos novos vereadores
Reviravolta – A recontagem dos votos causou uma reviravolta na Câmara Municipal. A ex-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Juliana Zorzo, que...
Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions