A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/03/2014 10:11

Olarte confirma que Bernal deixou de destinar merenda a creches e escolas

Luciana Brazil e Cleber Gellio
Prefeito Olarte divulga relatório que aponta irregularidades na administração de Bernal. (Foto: Cleber Gellio)Prefeito Olarte divulga relatório que aponta irregularidades na administração de Bernal. (Foto: Cleber Gellio)

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) confirmou, em relatório, divulgado na manhã de hoje (24), que o ex-prefeito Alcides Bernal (PP) deixou de repassar merenda à escolas e creches do município.

A falta de alimentos para crianças e estudantes foi uma das polêmicas na administração do gestor cassado. Nos Ceinfs (Centro de Educação Infantil) alunos ficaram sem comida e até alimentos estragados chegaram a ser destinados a algumas unidades.

Conforme os dados do relatório, Bernal (PP), cassado no último dia 12, deixou de repassar a SAS (Secretária Municipal de Políticas e Ações Sociais e Cidadania) recursos federais na ordem de quase R$ 7 milhões.

De acordo com Olarte, que assumiu a prefeitura após a cassação, a não aplicação do dinheiro resultou em diversos prejuízos, entre eles a falta de alimentação.

Além das escolas e creches, outros projetos sociais de assistência a idosos e famílias em situação de vulnerabilidade também foram afetados.

Relatório- O recurso  de R$ 6,709 milhões oriundos do Fundo Nacional de Assistência Social não foram aplicados na SAS, de acordo com o levantamento .

Durante coletiva de imprensa na manhã de hoje, Olarte divulgou dados sobre os órgãos municipais, inclusive a SAS.

Com o desvio do recurso, foram detectados diversos prejuízos para a pasta na execução de serviços e ações da assistência social.

Além da falta de alimentos, os projetos deixaram de receber material de limpeza, material de expediente e material gráfico. Os prédios públicos deixaram de receber manutenção, como Cetremi, Cras, Conselhos Tutelares, Creas e CCI.

Servidores também não receberam capacitação, segundo o relatório, ações “cerceadas e prejudicadas pelo ex-prefeito”.

Frota utilizada pela pasta também sofreu com a falta de recurso, ficando sucateada, como aponta o levantamento.

O relatório aponta que medidas urgentes devem ser tomadas, como a imediata “reprogramação e aprovação da utilização dos recursos dos convênios. Entre as providências está a “imediata elaboração de novo plano de trabalho para aplicação dos recursos federais”.



O Bernal devia vir a publico e esclarecer estas acusações, quem cala consente;
 
juvenil marques do vale em 24/03/2014 13:10:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions