A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/04/2011 13:04

Oposição cobra liberação de emendas parlamentares estaduais

Ítalo Milhomem

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) subiu a tribuna nesta quarta-feira (13), para reclamar a demora e da falta de informações sobre os pagamentos das emendas parlamentares do ano passado, que chegavam a R$ 700 mil por deputado.

Kemp afirma que durante o período eleitoral os pagamentos das emendas foram suspensos e após as eleições não voltaram a ser pegas pelo governo do Estado e a partir disso não houve nenhuma informação por parte do poder executivo.

“Nós assumimos compromissos com as prefeituras e entidades que contam com esses recursos. Em fevereiro já enviamos as emendas de 2011 e ainda não sabemos das emendas do ano passado”, reclamou o deputado.

O líder do governo na Assembleia, deputado Júnior Mochi (PMDB) esclareceu que as emendas foram pagas e muitas entidades não estavam com as documentações e as contas em dia e não poderiam receber os recursos, assim como aconteceu no início do ano com a merenda escolar de algumas escolas estaduais.

Mochi afirmou que até o final do mês os recursos pendentes do ano passado serão liberados para as entidades que estiveram com as documentações em dia.

“Até o final deste mês iremos quitar os débitos passados e em seguida vamos sentar para discutir as emendas de 2011, que foi acordada em R$ 800 mil”, explicou Mochi.

As prioridades para emendas segundo o líder do governo deve ser de no mínimo de 40% para saúde e outros 40% para educação e até 20% para área assistência social.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions