ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEGUNDA  24    CAMPO GRANDE 24º

Política

Orro defende candidatura própria do PDT, com ou sem Dagoberto

Por Wendell Reis | 07/03/2012 12:55

O deputado Felipe Orro (PDT) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta quarta-feira (7) para demonstrar sua preocupação com os rumos do partido nas eleições de 2012 em Campo Grande. O deputado defende candidatura própria e acredita que caso Dagoberto Nogueira não queira ser candidato, o partido tem outras opções.

Orro alega que está sendo cobrado pela população e pela militância, e entende que o PDT tem condições de fazer alianças ou sair com chapa própria. Caso Dagoberto não queria ser candidato, Dagoberto defende a candidatura de Tatiana Ujacow.

Orro afirma que não está vendo com clareza as definições do partido sobre as eleições na Capital e diz que não participou de nenhuma decisão municipal. O deputado também opinou sobre a polêmica envolvendo os filiados Paulo Pedra e Paulo Dolzan. Para orro, o partido cometeria um erro expulsando filiados. Ele entende que é preciso diálogo e respeito a todas as vozes.

O ex-deputado federal Dagoberto Nogueira entende que a oposição deveria lançar uma única candidatura, onde o melhor nas pesquisas fosse cabeça de chapa. Já o presidente municipal do partido, Paulo Pedra, defende o apoio ao pré-candidato do PMDB, Edson Giroto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário