A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/02/2010 16:47

Owari: Justiça afasta Gaeco da investigação de prefeito

Redação

A Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) concedeu hábeas corpus, na manhã desta quarta-feira, ao prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT) para trancar o inquérito instaurado pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado).

A decisão, aprovada por unanimidade com base no parecer do desembargador Claudionor Miguel Abss Duarte, afasta o grupo da investigação do prefeito, que foi denunciado na Operação Owari da Polícia Federal, realizada em julho do ano passado. Dos 41 presos na época, cinco eram secretários municipais.

Segundo Newley Amarilla, a defesa pediu apenas para que a investigação contra o prefeito siga apenas no Tribunal de Justiça, já que ele tem foro privilegiado.

O caso apura fraude em licitações na área de saúde, no arrendamento do Hospital da Mulher e outras irregularidades cometidas pelo grupo liderado pelo empresário Sizuo Uemura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions