A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

26/06/2016 14:39

Pacientes com câncer e doença renal podem ficar isentos de pedágios

Projeto quer ajudar quem precisa viajar direto para tratar doença

Leonardo Rocha
Projeto de Rinaldo Modesto quer contribuir com pacientes, que precisam se deslocar para o tratamento (Foto: Assessoria/ALMS)Projeto de Rinaldo Modesto quer contribuir com pacientes, que precisam se deslocar para o tratamento (Foto: Assessoria/ALMS)

Os pacientes com câncer ou doença renal poderão conseguir isenção no pagamento de pedágios, nas rodovias de Mato Grosso do Sul. Este projeto foi apresentado pelo deputado Rinaldo Modesto (PSDB). O autor alega que estas pessoas sempre precisam fazer viagens e deslocamentos, em função do tratamento.

Para ter acesso ao benefício, os pacientes precisam enviar a empresa operadora do pedágio, no caso a CCR MSVia, cópias de um relatório médico, que justifique a necessidades de tratamento em outros municípios, assim como comprovante de residência.

O projeto inclusive prevê multa para concessionária caso não haja liberação dos veículos. " Muitas famílias não têm condições de suportar todos os ônus resultantes do tratamento e deslocamentos para o mesmo. Esta iniciativa pode amenizar um pouco o desfalque financeiro da família", disse o tucano.

A proposta agora segue para as comissões permanentes, para depois ser apreciado pelos deputados em duas votações. Se for aprovado, vai passar pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que pode vetar ou sancionar a proposta, tornando lei estadual.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions