A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

26/09/2019 08:50

Para ativar novo presídio, governo de MS nomeia 200 agentes penitenciários

Novos agentes vão atuar na área de custódia dos presos, administração e finanças, além de assistência e perícia

Leonardo Rocha
Obra da Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gameleira, em Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)Obra da Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gameleira, em Campo Grande. (Foto: Marina Pacheco)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nomeou 200 novos agentes penitenciários, para reforçar a segurança nas unidades penais. Eles tinham sido aprovados no concurso público de 2016. "Parte dos novos agentes será destinada para operacionalizar a nova unidade masculina do Complexo da Gameleira e sua integralidade. Os demais serão destinados para outras unidades do interior do Estado", informa a Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública).

Além das novas nomeações, nesta semana, a Agepen já havia publicado o nome do agente Flávio Rodrigues Marques, como diretor da Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gameleira, em Campo Grande. Edmilson Rodrigues Horácio, comandante do Grupo Tático de Escoltas, será o adjunto. 

A data de inauguração ainda não foi anunciada, mas o projeto na saída para Sidrolândia prevê 603 vagas abertas, com previsão inicial para entrega em 2019.

Do grupo de novos servidores nomeados hoje, 140 irão trabalhar na área de segurança e custódia dos presos, 40 ficarão no setor de administração e finanças e 20 (agentes) para área de assistência e perícia. Todos eles passaram pelo 37° Curso de Formação para Agente Penitenciário.

De acordo com o governo, estes agentes possuem formação profissional em diferentes áreas, como Administração, Ciências Contábeis, Direito, Psicologia e Serviço Social, entre outros. Os nomes dos novos servidores foram publicados hoje (26), no Diário Oficial do Estado (confira a lista).

Esta é a quarta nomeação feita deste concurso de 2016, sendo que a primeira teve o chamado de 200 agentes (penitenciários), em abril de 2017, a segunda foi em junho do mesmo ano, com mais 120 servidores, já na terceira fase, em fevereiro de 2018, foram mais 85, para fazer parte da Agepen.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions