A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

25/03/2019 10:10

Para evitar tragédias, projeto prevê plano de evacuação em escolas

Vários projetos voltados para segurança nas escolas foram apresentados, após a tragédia de Suzano (SP)

Leonardo Rocha
Projeto trata da segurança nas escolas públicas (Foto: Divulgação/SED)Projeto trata da segurança nas escolas públicas (Foto: Divulgação/SED)

Para evitar novas tragédias como ocorreu em Suzano (SP), foi apresentado mais um projeto visando ampliar a segurança na rede de ensino. Desta vez a intenção é criar um plano de evacuação, com planejamento prévio, nas escolas estaduais e municipais de Mato Grosso do Sul, para situações de emergência.

A proposta foi apresentada pelo deputado Neno Razuk (PTB) e visa garantir que em caso de acidentes, como incêndios, desabamentos ou até alagamentos, assim como em ações criminosas, como houve em São Paulo, os funcionários e estudantes possam desocupar as escolas em tempo hábil.

Este plano teria técnicas e instruções para a realização desta evacuação, tendo o apoio na sua elaboração do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil. Cada instituição de ensino terá seu próprio planejamento, levando em conta o local e como estas pessoas poderiam ser retiradas para evitar tais tragédias.

Caso seja aprovada pelos deputados, caberá ao poder executivo regulamentar esta lei em um prazo de 90 dias, assim que ela for publicada. “A partir do momento que as pessoas encontram-se capacitadas para agir diante de uma situação de desastre natural ou ação humana, a chance de evitar maiores danos, aumenta consideravelmente”, justifica o autor.

O deputado explica que este plano terá um treinamento prático, para que todos saibam agir em momentos de emergência. “Haverá maiores chances de salvamento e sobrevivência”, adianta. A proposta segue para as comissões da Assembleia, para depois ser votada pelos deputados.

Deputados Zé Teixeira (DEM) e Neno Razuk (PTB), apresentaram projetos neste sentido (Foto: Assessoria/ALMS)Deputados Zé Teixeira (DEM) e Neno Razuk (PTB), apresentaram projetos neste sentido (Foto: Assessoria/ALMS)

Outros - Seguindo o mesmo objetivo, já foram apresentados mais quatro projetos na Assembleia, sobre segurança nas escolas. De Zé Teixeira (DEM) prevê a colocação de detectores de metais na entrada das unidades e ainda permite revistar mochilas em caso de suspeitas.

Outro de João Henrique Catan (PR) ainda defende o armazenamento de “armas não letais” nas escolas, que fariam guardadas para serem usadas apenas em casos extremos. Caberia a alguns funcionários fazerem treinamentos para usar estes equipamentos, que seriam comprados pelo governo estadual.

Mais uma proposta no legislativo ainda quer instalar um sistema de câmeras nas escolas, que vai fazer a vigilância tanto da área externa, como interna, com a intenção de proteger os funcionários e estudantes. As imagens só seriam usadas para esclarecer crimes ou situações graves.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions