A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/12/2009 06:58

Para Moka, divergência nos Estados ameaça aliança com PT

Redação

O deputado federal Waldemir Moka (PMDB) avalia que as dificuldades estaduais já ameaçam a aliança nacional entre os peemedebistas e o PT. "Os Estados estão com problemas para alavancar a aliança, o que reflete no nacional", afirmou o deputado em entrevista ao jornal Bom Dia MS, da TV Morena.

Se em âmbito nacional, a aliança já teve "melhor cenário", em Mato Grosso do Sul, onde os partidos são adversários históricos, é praticamente descartada.

"Isso aqui não tem jeito. A aliança seria muito difícil. Reconheço a dificuldade deles. Eles teriam que apoiar a candidatura do governador", enfatiza. No Estado, as eleições de 2010 devem colocar frente a frente o governador André Puccinelli e o ex-governador Zeca do PT.

Além de Mato Grosso do Sul, Estados como Bahia, Paraná e Santa Catarina são contra a união entre PT e PMDB. Recentemente, a parceria em âmbito federal estremeceu após o presidente Lula declarar que o PMDB teria que apresentar uma lista tríplice para a escolha do candidato a vice-presidente na chapa liderada por Dilma Roussef (PT).

Após forte oposição dos peemedebistas, que cobraram autonomia, o presidente minimizou e para selar a paz informou que o vice deve ser escolhido por Dilma.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions