A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Agosto de 2019

02/07/2019 15:33

Para Reinaldo viajar, desembargador vai governar Estado por dois dias

Reinaldo Azambuja (PSDB) e do vice, Murilo Zauith (DEM), viajam na próxima semana para o Paraguai

Anahi Zurutuza
Desembargador Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS (Foto: TJMS/Divulgação)Desembargador Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS (Foto: TJMS/Divulgação)

O desembargador Paschoal Carmello Leandro, presidente do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), vai governar o Estado nos dias 8 e 9 de julho, na ausência do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), do vice, Murilo Zauith (DEM), e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Pualo Corrêa (PSDB), que viajam na próxima semana para o Paraguai.

Decreto Legislativo assinado nesta terça-feira (2), pelo presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Corrêa, autorizou o chefe do Executivo estadual se ausentar do Brasil. Reinaldo e comitiva vão Assunción, capital do país vizinho, para fechar acordos nas áreas de defesa sanitária animal e vegetal, segurança pública, além de tratar de parcerias relacionadas à rota bioceânica.

A ministra Tereza Cristina (DEM) vai acompanhar Reinaldo para ajudar nas negociações dos acordos relacionados ao agronegócio. Também farão parte da comitiva os secretários de Estado de Governo, Eduardo Riedel, e de Segurança Pública, Antônio Carlos Videira.

“Somos vizinhos, precisamos ter mais parcerias e diálogo frequente”, explicou Reinaldo nesta manhã sobre a agenda no país da fronteira.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions