A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/05/2013 09:10

Para reverter derrubada de vetos, Bernal diz que pode acionar a Justiça

Jéssica Benitez
Prefeito cogita entra na Justiça para manter veto às emendas feitas por vereadores (Foto: Marcos Ermínio)Prefeito cogita entra na Justiça para manter veto às emendas feitas por vereadores (Foto: Marcos Ermínio)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), deve entrar na Justiça para reverter a derrubada dos vetos às emendas adicionais no Projeto de Lei n° 04/2013, que trata do reajuste salarial de servidores municipais. Ontem os vereadores da Capital não mantiveram a decisão de Bernal em anular quatro emendas feitas pela Câmara Municipal para complementar o aumento no pagamento dos trabalhadores do Município.

O chefe do Executivo alega que os parlamentares não podem gerar gastos à Prefeitura, ação, segundo ele, denominada como “vício de origem”. Desta forma, Bernal já encaminhou o caso à assessoria jurídica e, se for preciso, tentará provar judicialmente a ilegalidade cometida pelos vereadores.

“Vamos levar à equipe jurídica para ver se há algum problema e se for confirmado vamos defender nosso município. Se houver necessidade de defender nosso município na justiça nós estaremos defendendo”, explicou, durante evento hoje de manhã.

Na avaliação do progressista os trabalhadores já foram agraciados com melhores salários, fato que considera um ato histórico no cenário político da cidade. “Me preocupo com servidores e tenho trabalhado para valorizá-los, dei 18% aos administrativos, 15% aos médicos e 7,5% ao restante, mas tem que haver responsabilidade e não fazer cortesia que comprometa a saúde financeira do município”, disse.

Outra preocupação dele é o efeito colateral que a aprovação das emendas pode causar. “Imagina um servidor que ganha mil reais, por exemplo, ter que devolver dinheiro ao Município daqui cinco anos se ficar comprovado irregularidades nas emendas. De onde esse trabalhador vai tirar o dinheiro que já gastou?”, indagou. Para ele todas as categorias merecem o devido reajuste, mas deve ser de forma gradativa.

Veto - Bernal não autorizou a aplicação de 15% às vantagens pessoais incorporadas e outras vantagens financeiras, fixadas em valor monetário, conforme o artigo 5º do projeto de Lei. Ele também não concordou em equiparar os plantões de serviço de odontólogos, veterinários, enfermeiros, técnicos de enfermagem, assistentes sociais, farmacêuticos e farmacêuticos-bioquímicos, em 15% como foi feito com a classe médica.

O prefeito vetou, ainda, o plantão de serviço dos fonoaudiólogos, da categoria de referência 14, fica fixado em R$ 583,97, nos feriados e finais de semana. E, por último, não permitiu que seja assegurado a todo servidor da área de saúde adicional de insalubridade.

 



15% pra medico, dividir 6 horas entre 6, fingir que trabalha 1 hora e ir embora pra casa ao termino do horário, quem leva as unidades de saúde nas costas são os técnicos e os enfermeiros!!!!! Acorda população!!!!!!!
 
wiliam sousa em 31/05/2013 13:10:05
SR Erick, te convido a passar um dia no plantão de uma Unidade 24 de saúde, observando o trabalho dos médicos e dos Enfermeiros, dai vc pode tirar suas conclusões com certeza!!!! Aliás o Sr Prefeito tbm está convidado!!! A Enfermagem sempre ficando com restos, mendigando um salario justo. Cadê a valorização do servidor??? Pelo visto essa valorização está limitada a grupos restritos, ou seja, aos que "fingem" q trabalham e aos que o prefeito "acredita" q estão trabalhando!!!
 
Michelle Gomes em 31/05/2013 10:39:02
O que mais me espanta é ver pessoas defendendo a "safadeza" do prefeito, na campanha ele não prometeu valorizar o servidor dizendo que dinheiro para isso tinha, então porque não o fez? .
 
Joao Saldanha em 29/05/2013 14:06:39
vejam o absurdo : “Vamos levar à equipe jurídica para ver se há algum problema e se for confirmado vamos defender nosso município. Se houver necessidade de defender nosso município na justiça nós estaremos defendendo”, explicou, durante evento hoje de manhã.
Protegendo de quem ? Quer dizer que os funcionários estão PREJUDICANDO a prefeitura??? isso é uma vergonha o sr prefeito dizer que está protegendo o Município cadê a promessa de campanha de valorizar os servidores??? PARABÉNS aos VEREADORES.
 
Jonas Dias em 29/05/2013 14:03:49
Wallace Rosa, referi-me ao instrumento legal. Não cabe a Câmara conceder aumentos a funcionários vinculados ao Poder Executivo. A iniciativa só pode partir do Prefeito. Do contrário, o acréscimo vindo dos Vereadores é absolutamente ilegal e inconstitucional por vício de iniciativa. Parabéns ao Bernal, o fato de ser advogado esta o ajudando,
 
Junior Inacio em 29/05/2013 13:21:37
manda esse homi de volta para corumba! nossa cidade esta um lixo da vergonha viver nesse chiqueiro!
 
pedro amorim em 29/05/2013 12:53:04
Médicos fazem curativos, limpam ferimentos de pacientes, retiram pontos cirúrgicos, dão banho no leito a pacientes acamados, aplicam a medicação, alimentação parenteral, fazem aspiração e TODOS OS DEMAIS cuidados que um paciente necessita em que planeta vive o Sr Erick Silva?
 
Anna Gonçalves em 29/05/2013 12:08:35
Sr. Erick Silva, embora todas as classes mencionadas lutem pela vida, é óbvio que são funções distintas. Muito embora, muitos enfermeiros dediquem-se muito mais a esse fim e não se restringam unicamente à prescrição de analgésico, anti-térmico e pedidos de exame como fazem ALGUNS vários médicos. Conheça verdadeiramente o trabalho de um enfermeiro ou técnico, sua carga horária, plantões e responsabilidades e mudará sua opinião.
Observe também, que a porcentagem de aumento de 15% no salário dos médicos e sobre um salário infinitamente maior. Devemos lutar por um aumento justo a todas as classes indistintamente e que represente ganho real sobre a inflação velada pelo governo. Detalhe: não sou da área da saúde, mas consigo observar antes de puxar-saco de prefeito ou determinada classe.
 
Glauber S Rodrigues Martelli em 29/05/2013 11:57:33
Pois é ERICK SILVA, no dia em que vc adoecer ou necessitar de um atendimento de urgência / Emergência vc TERÁ A CERTEZA QUE OS PROFISSIONAIS DA ENFERMAGEM SÃO TÃO IMPORTANTE QUANTO A CLASSE MÉDICA ! pode ter a certeza que um profissional não trabalha sem o outro ! aliás... em atendimento pré hospitalar (fixo ou móvel) estabilizamos o paciente antes do atendimento médico.
 
Reginaldo Omido Júnior em 29/05/2013 11:56:25
enfermeiro e técnico nao fazem o que os medicos fazem ta certo o prefeito
 
erick silva em 29/05/2013 11:36:54
Mais uma vez indo contra o eslogam de campanha dele, senhor junior inacio voce acha correto ele dar aumento aos médicos e deixar os enfermeiros, técnicos e farmacêuticos de fora, acho que tem que ser igualitário pois sem esses outros funcionários garanto a você que nao estaria nada na saude funcionando.
 
wallace rosa reis em 29/05/2013 11:24:46
Tecnicamente corretíssimo.
 
Junior Inacio em 29/05/2013 11:05:45
Enquanto isso, o funcionário público municipal mais se parece com um patinho de tiro ao alvo, andando de lá pra cá neh! E dai surge a pergunta que não quer se calar: E a folha RODA ou não RODA?
 
CLAUDIO MOREIRA em 29/05/2013 10:02:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions