ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 26º

Política

Para secretario Governo, cassação de vereador tirou “essência” de Processante

Vinícius Squinelo e Lidiane Kober | 12/12/2013 22:29

A cassação do vereador Alceu Bueno (PSL) tirou a “essência” dos trabalhos da Comissão Processante contra o prefeito Alcides Bernal (PP). Pelo menos é nisso que se apoio o secretário de Governo Pedro Chaves, ao defender o progressista.

“Pra mim a comissão perdeu a essência, já que agora ela só tem dois componentes”, afirmou Chaves, durante a inauguração da Cidade do Natal, na noite de hoje (12) nos altos da avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

O secretário defendeu a tese de que a Comissão Processante, que põe em risco o mandato de Bernal, é “ilegítima e deveria paralisar as atividades”.

O secretário ainda atacou o Ministério Público Estadual, acusado por ele de “requentar” denúncia contra o prefeito. O MPE entrou com a segunda ação na Justiça pedindo o afastamento de Bernal. Relatório do DAEX (Departamento Especial de Apoio às Atividades de Execução do Ministério Público) aponta prejuízo de R$ 110,4 milhões ao erário público.

“Estão misturando suplementação com remanejamento, não houve desvio”, garante Chaves.

Nos siga no Google Notícias