A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

03/10/2014 20:36

PF cumpre mandado em suposto carro utilizado por Flavio Kayatt

Ludyney Moura

Um veículo apreendido em 2008, utilizado para o tráfico internacional de drogas, e apreendido pela Polícia Federal de Ponta Porã, distante a 326 quilômetros de Campo Grande, foi o alvo de um mandado de busca de apreensão por supostamente estar em uso pelo ex-prefeito do município e atual candidato a deputado estadual Flávio Kayatt (PSDB).

De acordo com o superintendente da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, delegado Edgar Marcon, o mandado foi expedido ontem (2). Diferente de informações preliminares, ninguém foi preso no cumprimento da ordem.

O tucano é acusado de utilizar um veículo que foi cedido pela Polícia Federal em 2008, ano em que Kayatt administrava a prefeitura do município fronteiriço, para o CAPS (Centro de Apoio Psíquico e Social), para ser usado no desenvolvimento de trabalhos na região que visavam a prevenção ao uso de substancias entorpecentes.

O ex-prefeito, que comandou a Prefeitura de 2005 a 2012, foi procurado pela reportagem, mas não atendeu os telefonemas. A assessoria de comunicação da coligação desconhecia o fato. A denúncia feita à PF é de que ele estaria utilizando o veículo, um utilitário médio, para fins particulares e em seu comitê de campanha.

Caso comprovado a prática, o tucano pode ser enquadrado na lei 9.504/97, que proíbe o uso, em benefício de candidato, partido político ou coligação, de bens móveis ou imóveis pertencentes à administração pública, e seu registro de candidatura pode ser questionado pela Justiça Eleitoral.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions