A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 21 de Abril de 2018

21/10/2009 08:30

PMDB anuncia acordo e Temer deve ser o vice de Dilma

Redação

O PMDB anunciou no fim da noite de ontem que vai apoiar a candidatura da chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, à presidência e indicar o vice na chapa para 2010. O acordo foi oficializado durante jantar no Palácio da Alvorada, com o presidente Lula, ministros e dirigentes dos dois partidos.

Os principais pontos do acordo vão ser anunciados só hoje, em nota oficial do PMDB. O nome mais cotado para ser o vice é o do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP).

"Nem mesmo as divergências nos Estados entre o PT e o PMDB e a resistência da cúpula peemedebista em São Paulo impediram a parceria", destacou a edição de hoje do Jornal Estado de São Paulo.

Apesar do acerto nacional, Temer avaliou que esse é apenas um pré-acordo e que na prática, a coligação oficial somente será aprovada após passar pelo crivo das convenções do PT e do PMDB, em junho de 2010.

Segundo ele, o PMDB ainda vai tentar reproduzir esses pré-acordos nos Estados, como em Mato Grosso do Sul onde o PT já anunciou que terá candidatura própria, contra os planos de reeleição do governador André Puccinelli.

"Temos de prestar atenção às questões regionais, mas demos aqui o primeiro passo para a consolidação de uma aliança nacional", justificou o presidente da Câmara.

O PMDB terá assento na coordenação da campanha de Dilma e participará da preparação do programa de governo da candidata. "A chapa majoritária terá os dois maiores partidos da coalizão do governo Lula", disse o presidente nacional do PT, Ricardo Berzoini .

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions