A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Agosto de 2017

09/02/2014 14:59

PMDB conta com “reforço” de vereadores para aumentar bancada estadual

Leonardo Rocha
Mochi ressaltou que vereadores tem densidade eleitoral e podem ampliar  a bancada do PMDB (Foto: Divulgação)Mochi ressaltou que vereadores tem densidade eleitoral e podem ampliar a bancada do PMDB (Foto: Divulgação)

O PMDB conta com o reforço dos vereadores da Capital para aumentar sua bancada estadual em Mato Grosso do Sul. O partido possui a maior bancada na Assembleia, com cinco deputados, porém quer ampliar o número de representantes.

De acordo com o presidente regional do PMDB, o deputado Junior Mochi, três vereadores de Campo Grande irão disputar a eleição deste ano de olho nas vagas da Assembleia Legislativa.

“São nomes fortes que certamente irão disputar a vaga no legislativo (estadual) e têm todas as condições de aumentar nossa bancada”, apontou ele.

Entre eles está o atual presidente da Câmara, o vereador Mário César, o líder do PMDB no legislativo municipal, Vanderlei Cabeludo, além do ex-presidente da Casa, o vereador Paulo Siufi.

“São nomes com densidade eleitoral e que não vão apenas participar do pleito (eleitoral), vão entrar para ganhar”, diz Mochi.

O peemedebista ainda ressaltou que está tentando convencer a vereadora Carla Stefanini, presidente municipal da legenda, a também sair candidata este ano. “Em relação a ela não está resolvido, apenas uma possibilidade”.

Além dos quatro vereadores citados, ainda falta Edil Albuquerque (PMDB), mas o parlamentar ainda não se posicionou se pretende disputar a eleição ou se vai se fixar nos trabalhos na Câmara.

Opções – Outros vereadores da Capital já demonstraram interesse em participar da eleição deste ano. Airton Saraiva (DEM) deve colocar seu nome a disposição para o legislativo estadual, assim como o vereador Zeca do PT, que tentará uma vaga na Câmara dos Deputados.

Já a vereadora Graziela Machado (PR) poderá “herdar” a base eleitoral e a trajetória política do pai, o deputado estadual Londres Machado (PR), caso o ex-presidente da Assembleia resolva não tentar a reeleição. Ele afirmou que vai tomar esta decisão somente em abril, antes das convenções partidárias.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions