A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

05/07/2010 18:29

PMDB, DEM, PT, PDT e PSOL registram candidatos ao Senado

Redação

Mesmo com condenação por órgão colegiado, o deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT) pediu o registro de candidatura ao Senado. O pedido foi feito nesta segunda-feira, no TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral), na Capital. Ele estipulou gastar até R$ 5 milhões na campanha.

Hoje foi o prazo final para partidos e coligações pedirem os registros de candidatos a presidente, governador, senador e deputados federal e estadual.

De acordo com o calendário da Justiça Eleitoral, os pedidos de registro serão analisados até quarta-feira.

Além de Dagoberto, pediram o registro de candidatura ao Senado o deputado federal Waldemir Moka (PMDB), o senador Delcídio do Amaral (PT), o vice-governador Murilo Zauith (DEM) e os candidatos do PSOL Jorge Batista e Professor Washington.

Com 30 anos de vida política, Waldemir Moka disputará pela primeira vez o cargo de senador. Ele já foi vereador, deputado estadual e federal e presidente regional do PMDB. Ele estima gastar até R$ 7 milhões na campanha.

O vice-governador Murilo Zauith (DEM) também prevê gastar R$ 7 milhões na campanha. Ele não compareceu ao TRE, mas foi representado pelo suplente Edil Albuquerque (PMDB). Os pedidos de registros são feitos por meio dos presidentes dos partidos ou representantes das coligações.

Delcídio do Amaral (PT) também teve o nome registrado para disputar a reeleição. Por seis vezes consecutivas o senador sul-mato-grossense apareceu na lista dos parlamentares mais influentes do Congresso Nacional. Ele ganhou projeção quando foi relator da CPI dos Correios. Ele irá gastar até R$ 6 milhões na campanha, conforme informado à Justiça Eleitoral.

Já os candidatos do PSOL Jorge Batista e Professor Washington estimaram gasto de até R$ 125 mil cada.

Mato Grosso do Sul irá eleger dois senadores em outubro e cada eleitor terá direito a votar em dois candidatos.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions