A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

21/07/2016 13:40

PMDB e PSDB fazem nova reunião, mas adiam decisão sobre aliança

Leonardo Rocha
O ex-governador André Puccinelli e  o senador Waldemir Moka participaram da reunião (Foto: Leonardo Rocha)O ex-governador André Puccinelli e o senador Waldemir Moka participaram da reunião (Foto: Leonardo Rocha)

As lideranças do PMDB se reuniram, nesta manhã (21), com o secretário estadual da Casa Civil, Sérgio de Paula, na sede do partido, em Campo Grande. Em pauta uma aliança política com os tucanos na Capital e em algumas cidades do interior. "As conversas estão na fase inicial, semana que vem continuamos as tratativas", disse o presidente estadual, Junior Mochi (PMDB).

Mochi ponderou que o diálogo com o PSDB não se restringe a Capital, sobre o apoio a pré-candidatura de Rose Modesto (PSDB), mas também a outros municípios do interior. "Vamos construir aliança em várias cidades, as conversas começaram agora e devem seguir até semana que vem".

O presidente lembra que o PMDB ainda estuda lançar chapa pura de vereadores, sem vínculo com os candidatos a prefeitos. "Temos esta possibilidade, mas também estamos discutindo as alianças, não existe uma definição do partido", avaliou.

O senador Waldemir Moka (PMDB) disse que foi uma "visita de cortesia" feita pelo secretário Sérgio de Paula, onde ele expôs o interesse de contar com o PMDB para eleição municipal, mas que ainda não houve acordo selado.

Já o ex-governador André Puccinelli (PMDB) disse que restará a Junior Mochi e Moka decidir como o partido vai seguir em Campo Grande. "Vou seguir o que eles decidirem, faço minhas ponderações de forma interna, já declarei que não tenho veto a ninguém e a nenhum partido".

Também participaram da reunião o deputado Márcio Fernandes e o vereador Vanderlei Cabeludo. "Seria melhor ter uma chapa pura, mas temos que ver o que é melhor para Campo Grande. Também tenho uma boa relação com o PSDB e com a Rose (Modesto)", disse o vereador.

O PSDB espera fechar esta aliança com o PMDB, antes das convenções, com o objetivo de formar um grupo forte para eleição. Os tucanos já contam com o apoio do PR, PSB, PRB e Solidariedade. O secretário Sérgio de Paula diz que esta "união política", pode recuperar a cidade, para retomar o o desenvolvimento da Capital.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions