A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/12/2013 09:50

PMDB permite negociação com Bernal em busca do "melhor" para a Capital

Kleber Clajus

O fato de ser oposição à administração do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), não é impeditivo para que os vereadores do PMDB mantenham "diálogo e alinhamento" com o prefeito e o secretário municipal de Governo, Pedro Chaves. A questão foi analisada na tarde de terça-feira (2), durante reunião entre o presidente regional do partido, deputado estadual Junior Mochi, e a presidente municipal, vereadora Carla Stephanini, na sede do partido.

“Nosso partido quer o melhor para Campo Grande. Diálogos políticos podem haver, não é pecado. Contudo, é necessário bom senso, coerência e lealdade partidária para cumprir o que já dispusemos em ata ao reafirmar que somos oposição”, pontua Carla.

Para a peemedebista, a suposta aproximação à Bernal do colega de bancada Paulo Siufi não reflete um “acerto por parte da administração municipal que não conseguiu nem cumprir as emendas do PPA (Plano Plurianual), implantação das secretarias da Mulher e Juventude, além de desprezar o que ele mesmo pede ao Legislativo”.

Mochi também garante que os vereadores da legenda “tem direito de discutir assuntos de interesse, mas que deve respeitar indicativo de que é oposição ao Bernal e cabe a comissão de ética averiguar o cumprimento”.

Corrida eleitoral – Sobre as definições de apoio para 2014, os dirigentes partidários ressaltam que tudo será definido em junho e até lá não há problema em se expressar apoio a um dos pré-candidatos antes do resultado das convenções.

“Internamente o partido quer candidatura própria, mas nada impede uma coligação nos mesmos moldes da nacional, já coligada com o PT. Porém, definido o encaminhamento final em convenção todos terão que se submeter, sob pena de advertência e até expulsão”, explica Mochi.

A dirigente municipal lembra ainda que “ninguém está impedido de dialogar, mas as decisões tomadas pelo partido devem ser seguidas”.

Com ajuda de Jerson, Chaves discute com Siufi aproximação com Câmara
O ex-presidente da CPI do Calote, vereador Paulo Siufi (PMDB), confirmou na manhã de hoje (28), durante sessão da Câmara de Campo Grande, que esteve ...
Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


DEMOCRACIA SE RESUME EM ARMONIA, ENTAO ACORDOS VAO SER FEITOS PARA QUE O PMDB FIQUE COM O PREFEITO, NEM SEMPRE É DINHEIRO PORQUE NAS ADMINISTRAÇOES PUBLICAS HJ ESTA COMPLICADO O DESVIO DE VERBAS ELES DESVIAO MAIS NAO É MAI COMO ERA ANTES, MAIS UNS CARGOS COM BONS SALARIOS E ABONOS VAI SAIR, SE NAO FIZER OS CARAS CAÇA ELE TODOS FAZEM SE NAO NAO TOCA NAO LIGO PARA ISSO APENAS QUE MUDE A CARA DA CIDADE ATENDA A SAUDE E EDUCAÇAO QUE NAO FUNCIONOU AINDA NESSE MANDATO E O RESTO É O RESTO SE GIRAR O DINHEIRO AI GIRA PARA O COMERCIO AGRA SE TRAVAR TUDO IGUAL ESTA MUITOS COMECIANTES VAO FALI AQ NA CAPITAL........
 
ana cristina em 04/12/2013 15:09:37
vcs tem que trabalhar... um ano a cidade paradaa!!! brigas partidaria, gente acabou as ferias !! ou não! começou agora.kkkkk
 
odavias martins em 04/12/2013 14:56:30
O "trabalho" do Pedro Chaves começou a dar resultado. Dá pra gente imaginar o valor das sifras que estão rolando em favor da "cidade". Infelizmente não dá pra separar ninguém, só tem gente interessada nas contas bancarias pessoais.
 
RONEY MEDEIROS FIALHO em 04/12/2013 14:43:52
Pessoal, o "HOMI" pode trabalhar, só não o esta fazendo por pura INCOMPETÊNCIA dele e de seus assessores. Preocupação é com o próximo ano, que até o presente instante não foi votado o Orçamento, IPTU e a nova tarifa do busão, por falta do envio de PLANEJAMENTO, aliás é esta palavra que falta no vocabulário do "homi" que não deixam "trabalhar"
 
Horácio Silva e Costa em 04/12/2013 13:30:16
Direito se baseia em provas , parece que as denúncias ocorridas durante este longo tempo ou eram para desviar o foco .......ou.......etc...... e tal , qual será a nova peça teatral no circo da câmara municipal ? O pior é que os palhaços somos nós eleitores e eternos contribuintes com uma infinidade de impostos ,em tempo 50% da nossa renda é retida pelo poder público.
 
Paulo Roberto em 04/12/2013 12:29:36
Resumindo tudo, 1 ano a cidade parada devido a briguinhas partidárias, acorda povo vamos nos lembrar disso daqui a 3 anos nas próximas eleições !!!!!!! e já que estão pedindo (DEIXA O HOMEM TRABALHAR) ele mesmo vai conseguir se queimar (sozinho) mais ainda...
 
marcos Foss em 04/12/2013 11:09:03
Espero que essa negociação, realmente seja para melhorar Campo Grande, porque se for pra roubar mais dinheiro, é melhor ficar do jeito que tá. Espero que realmente estejam fazendo isso para o bem da população, e espero também, que o Sr. Prefeito, largue de ser cabeça dura e também aceite, e faça jus ao lema da sua campanha.
 
Juliana Alves em 04/12/2013 10:29:34
Palhaçada se nossos vereadores se unirem a essa palhaçada que vem ocorrendo na atual administração!
DAREMOS O TROCO NAS ELEIÇÕES, SENHORES
 
Tiago PLac em 04/12/2013 10:08:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions