A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

10/07/2009 12:24

Polêmico, projeto de lei da pesca já recebeu 48 emendas

Redação

O projeto de lei da pesca, encaminhado à Assembléia Legislativa pelo governador André Puccinelli (PMDB), não deverá ser votado antes do recesso parlamentar, previsto para a próxima semana. A proposta dividiu os deputados estaduais e até o Governo estadual recuou da decisão de votá-lo em regime de urgência.

A proposta já recebeu 48 emendas, sendo 14 do deputado estadual Marquinhos (PMDB) e 34 de Paulo Duarte (PT). O ponto mais polêmico é a liberação de joão-bobo e anzol de galho. As emendas vão desde proibir textualmente a pesca predatória, a figura do atravessador na venda do pescado e impedir a introdução de peixes exóticos nos rios sul-mato-grossenses.

"Não vejo no projeto do governo a valorização do verdadeiro pescador, o ribeirinho, que é e continuará sendo explorado pelo atravessador, o principal beneficiado nesta cadeia", justificou Duarte.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions