A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/03/2016 14:34

Por unanimidade, PMDB decide deixar o governo de Dilma Rousseff

Paulo Yafusso
Senador Moka: em reunião rápida e objetiva, PMDB decidiu abandonar o governo de Dilma Rousseff (Foto: Marcos Ermínio)Senador Moka: em reunião rápida e objetiva, PMDB decidiu abandonar o governo de Dilma Rousseff (Foto: Marcos Ermínio)

Como era previsto por integrantes do partido no Estado, o PMDB decidiu por aclamação, no início da tarde de hoje (29), abandonar o governo de Dilma Rousseff.

O senador Waldemir Moka disse que dos 119 integrantes do diretório, cerca de 100 assinaram a moção, e por conta disso a decisão pela ruptura com a administração petista foi por aclamação.

O presidente nacional do PMDB, Michel Temer não participou da convenção, que foi realizada num dos plenários das comissões da Câmara dos Deputados. “O Michel não participou porque ele é o vice-presidente e ficaria estranho ele participar da reunião em que se decidiu deixar o governo”, afirmou o senador sul-mato-grossense.

Sobre os integrantes do partido que ocupam cargos no primeiro escalão da administração de Dilma Rousseff, Moka disse que está clara na moção que “aqueles que decidirem ficar, ficarão por conta e risco deles, não poderão falar em nome do partido”.

O PMDB ocupava sete pastas até ontem, quando Henrique Eduardo Alves pediu demissão do Ministério do Turismo. Há informação de que Kátia Abreu deve deixar o PMDB para permanecer na cargo de ministra da Agricultura. Segundo Moka, a convenção foi "rápida e objetiva".

 



Que boa notícias, graças a Deus, acho que agora o governo Dilma tem chances de colocar a economia do país nos trilhos. Como coadjuvante do governo com a vice-presidência da república o pmdb agia como um partido nanico sem projeto e cabeças pensantes num raciocínio para o bem do país, mas além de ser apático era como uma casa de meretrizes querendo sempre aparecer em troca de ministérios e nada fazia ou fez nestes anos de governo, com ressalva do Renan que sempre tentou apaziguar as donzelas. E por falar no cunha que sempre procrastinou tudo que estivesse ao seu alcance para prejudicar o país e consequentemente fez o de bandido da corte: tudo faço para prejudicar o governo Dilma com o apoio de quase toda a bancada do pmdb...velho ditado: cuidados com os mudos da política, qdo fala sai bos
 
jose maria martins de brito em 31/03/2016 14:31:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions