A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/03/2016 18:25

Ministro do Turismo inicia desembarque do PMDB do governo de Dilma Rousseff

Paulo Yafusso
Senadora Simone Tebet segue para Brasília e afirma: saída imediata do governo de Dilma Rousseff (Foto do facebook)Senadora Simone Tebet segue para Brasília e afirma: saída imediata do governo de Dilma Rousseff (Foto do facebook)

O desembarque do PMDB do governo de Dilma Rousseff começou antes do esperado. O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, entregou nesta segunda-feira (28) a carta de demissão, deixando o cargo que ocupava desde abril do ano passado. Ligado ao vice-presidente da República e presidente nacional da sigla, Michel Temer, ele era um dos sete ocupantes de cargos no primeiro escalão do Governo Federal.

“O momento nacional coloca agora o PMDB, o meu partido há 46 anos, diante de um desafio maior de escolher o seu caminho, sob a presidência do meu companheiro de tantas lutas, Michel Temer”, diz Henrique Alves em sua carta de demissão. Mais adiante ele afirma que “todos - o Governo que assumi e o PMDB que sou – sabem que sempre prezei o diálogo permanente. Diálogo este que – lamento admitir – se exauriu”.

O PMDB marcou para amanhã uma reunião nacional para decidir se deixa o governo do PT. Os cinco integrantes do partido no Estado que fazem parte do diretório nacional seguem para o encontro já com a posição definida de abandonar a administração de Dilma Rousseff, conforme documento já divulgado em que se manifestam favoravelmente ao desembarque do governo Dilma.

“Este governo não tem mais saída, não tem mais credibilidade”, disse hoje pela manhã o presidente do PMDB de Mato Grosso do Sul e presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi. Já o senador Moka, declarou que há muito vem defendendo que o Partido deixe o governo de Dilma Rousseff, até mesmo porque, no Estado PT e PMDB sempre foram adversários.

A senadora Simone Tebet, postou foto nas redes sociais, embarcando para o encontro do PMDB nacional. “Indo a Brasília para a Convenção do PMDB. Votaremos amanhã pela saída imediata do governo. Cargos e Ministérios têm que ser entregues”, diz a senadora no seu facebook.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions