A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/05/2014 10:01

Prefeito de Anastácio diz que deixa PSDB para apoiar Delcídio

Aliny Mary Dias

Antes que o PSDB tomasse uma decisão pela expulsão do prefeito Douglas Figueiredo do partido, em razão do apoio ao pré-candidato do PT, Delcídio do Amaral, ele decidiu se desfiliar da legenda. O anúncio formal ao partido foi feito na sexta-feira (23). Douglas afirma que a decisão é uma maneira de “cumprir a palavra” dada ao petista em 2012, que apoiou à sua reeleição.

Três vezes vereador, uma vez vice-prefeito, atual prefeito de Anastácio e presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), Douglas explica que a desfiliação foi uma alternativa para não manchar a história dele no PSDB.

“Tenho uma bonita história dentro do partido e surgiram comentários que houve reunião para promover minha expulsão. Eu optei em pedir a desfiliação e estou muito entristecido com isso”, diz o prefeito.

A ameaça de expulsão por parte do PSDB já ocorria há algum tempo, desde que Douglas explicitou o apoio a Delcídio ao governo do Estado e não ao candidato do próprio partido, Reinaldo Azambuja.

Justificando a escolha, Figueiredo afirma que o apoio ao petista foi prometido há dois anos. “Em 2012 eu fui candidato a prefeito de Anastácio e ninguém do partido veio me apoiar, o Delcídio foi o único, ele andou nas ruas comigo. Eu dei minha palavra que o apoiaria para Governo porque pra mim ele e o Reinaldo juntos são imbatíveis, um no Governo e outro no Senado”, explica.

Na candidatura à presidência da Assomasul, Douglas admite que teve apoio de Reinaldo Azambuja, mas diz que a retribuição ao colega de partido ocorreu em 2008, na candidatura do tucano a vaga de deputado federal. “Ele teve muitos votos de Anastácio e eu cumpri minha obrigação retribuindo aquela ajuda”.

Futuro – Sobre uma nova filiação, Douglas é incisivo e garante que continuará sem partido. Ele pretende cumprir os próximos anos na Prefeitura de Anastácio sem representar nenhuma legenda. O prefeito garante ainda que não haverá mudanças na administração da cidade e da Assomasul.

“Eu não vou tirar ninguém do PSDB, não vai ter mudança em nenhuma pasta e na diretoria da Assomasul. Eu saio triste porque deixo amigos e parceiros”, completa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions