A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/03/2011 11:12

Prefeito decreta luto oficial por conta das vítimas no Japão

Fabiano Arruda

Luto começa a valer a partir de amanhã

Bombeiro caminha em meio aos escombros em local devastado pelo terremoto. (Foto: Reuters)Bombeiro caminha em meio aos escombros em local devastado pelo terremoto. (Foto: Reuters)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), decretou, nesta segunda-feira, luto oficial de três dias em homenagem às vítimas do terremoto e tsunami que arrasaram o Japão na sexta-feira.

O luto começa a contar a partir de amanhã. Segundo nota publicada pela Prefeitura, Trad estendeu condolências e sentimento de solidariedade ao povo japonês, cuja terceira maior colônia reside em Mato Grosso do Sul e, grande parte deste número, em Campo Grande.

Nesta manhã o governo do Estado, em nota assinada pelo governador André Puccinelli (PMDB), também manifestou solidariedade ao povo japonês.

Desastre - As informações mais recentes dão conta que 1.886 pessoas morreram com o desastre no Japão. Outras 2.329 pessoas ainda estão desaparecidas. Autoridades estimam que o saldo final de vítimas ultrapasse os 10 mil.

Segundo a agência de notícias Kyodo, cerca de mil corpos foram encontrados em Miyagi, além de outros 200 ou 300 corpos que as equipes tentam resgatar em Sendai, local mais atingido pelo tremor e pelas ondas gigantes.

Em Miyagi, o governo não conseguiu contatar cerca de 10 mil pessoas, mais da metade da população local. O destino de dezenas de milhares de pessoas, incluindo cerca de 8.000 moradores da cidade de Otsuchi, ainda é desconhecido, segundo a Kyodo.

Em meio a busca, as autoridades japonesas enfrentam uma crise nuclear. Mais cedo, a operadora do complexo Fukushima Daiichi, Tokyo Electric Power Co., informou que as barras de combustível no reator nuclear 2 do complexo Fukushima Daiichi agora estão totalmente expostas.

Segundo a Jiji, a possibilidade do derretimento das barras de combustível não poderia ser descartada. O derretimento aumentaria o risco de danos ao reator e de um possível vazamento nuclear, dizem especialistas.

O maior temor é de um grande vazamento de radiação do complexo em Fukushima, 240 quilômetros ao norte de Tóquio, onde os engenheiros têm lutado desde o fim de semana para evitar um colapso nos três reatores.

O governo alertou as pessoas que vivem num raio de 20 quilômetros em torno da usina a não saírem de casa. A Tokyo Electric Power Co. disse que 11 pessoas ficaram feridas na explosão.

O terremoto que atingiu o Japão na sexta-feira foi de magnitude de 8,9 graus, que provocou outras ondas sequentes e o tsunami, com onda de 10 metros. (Com informações da Folha Online)



Bom dia meus queridos amigos e parentes, hoje tive orgulho de ser cliente da operadora TIM, quem tem esta operadora pode fazer ligação gratuita para o Japão, Até 31-03-2011

Não precisa de credito é só discar 004181-Código da cidade- n. telefone.
qualquer Dúvida entrem no site.

Divulguem, e o tel é pPré pago, ontem Meu marido ligou para meus cunhados e ficaram bastante tempo conversando.
Beijos fica com Deus.



ATT.
Merinten Furumoto
 
Merinten Furumoto em 22/03/2011 06:01:06
Isto lá é hora de se preocupar com a vida do funcionário público Seo Orlando. O momento agora é de solidariedade com a população japoneza, ja uqe sabemos que tem muitos amigos e conhecidos nosso por lá.
 
EDSON SANTOS em 14/03/2011 12:39:27
Luto oficial não significa PONTO FACULTATIVO.
Que não venham alguns engraçadinhos funcionários públicos começarem a desordem.
 
Orlando Lero em 14/03/2011 11:41:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions