A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

21/05/2015 17:43

Prefeito deve trocar líder e efetivar secretário interino na Educação

Lidiane Kober e Juliana Brum
Wilson do Prado deve ser efetivado na Secretaria de Educação (Foto: Marcos Ermínio)Wilson do Prado deve ser efetivado na Secretaria de Educação (Foto: Marcos Ermínio)

De olho em superar a crise, o prefeito Gilmar Olarte (PP) deve anunciar, na próxima semana, as primeiras mudanças político-administrativas na prefeitura da Capital. A tendência é a troca do líder na Câmara Municipal e a efetivação de Wilson do Prado no comando na Secretaria Municipal de Educação.

Na Câmara, parlamentares já dão como certa a escolha de um novo líder para substituir o vereador Edir Albuquerque (PMDB). O peemedebista, porém, negou a informação e afastou interesse em deixar a liderança, mas, secretário próximo ao prefeito confirmou a tendência e prevê o anúncio oficial para a semana que vem. O nome do novo líder ainda é mistério.

Agora, a prioridade é resolver o impasse com os médicos e dar fim à greve da categoria. Na tarde desta quinta-feira (21), o presidente do sindicato, Valdir Siroma, o vereador Paulo Siufi (PMDB) e o prefeito fizeram nova rodada de negociação.

Para a próxima semana, também é esperado o anúncio da efetivação de Wilson do Prado no comando da Educação. Hoje, ele acumula o cargo com a chefia da Secretaria Municipal de Administração. Na outra pasta, há possibilidade de abrir vaga para integrantes da base aliada indicarem um nome.

Ontem (20), o secretário de Governo e Relações Institucionais, Rodrigo Pimentel, confirmou que está em andamento estudo para mudar cargos de chefias na administração para “dar mais dinamismo” e, ao mesmo tempo, atender a base aliada na Câmara Municipal.

Ele adiantou que diretores vão ser trocados e até secretários devem perder os cargos. “Tem setores ineficientes, que precisam de mais dinamismo”, comentou. “E pode ter secretário que mude”, emendou.

Além disso, Pimentel revelou previsão de secretários com cargos acumulados deixarem a função dupla para abrir espaço a aliados na prefeitura a fim de recuperar a base e mantê-la firme. “Hoje tem secretários acumulando cargos, vamos preencher essas vagas com profissionais técnicos”, emendou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions