A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

26/12/2017 15:58

Prefeito diz que vai reduzir "o máximo possível" número de comissionados

O quadro de quem está na prefeitura sem concurso seria de 900 pessoas, de acordo com o chefe do Executivo municipal

Mayara Bueno
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, PSD.
(Foto: André Bittar/Arquivo).Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, PSD. (Foto: André Bittar/Arquivo).

A ideia do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), é exonerar "o máximo possível" o número de comissionados do município, aqueles que não têm concurso público.

Nesta terça-feira (26), o chefe do Executivo municipal comentou que, em 11 meses de sua gestão, convocou 1,7 mil aprovados em concurso, comparando ao período de quatro anos da administração passada, que chamou apenas 490.

Conforme o prefeito, a intenção é reduzir o quadro de cerca de 900 comissionados e contratados em um universo de 23 mil funcionários só na Capital, substituindo-os pelos concursados. Porém, para isso, o município precisa observar o limite da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), no que se refere aos gastos com pessoal.

A margem já estaria no "prudencial". "Não vou exonerar ninguém agora porque não ultrapassou o limite". Marquinhos justificou a necessidade de chamar aprovados, dizendo que os quadros na administração pública têm de ser técnicos, não políticos. "Essa é a maneira (contratação de comissionados) que se faz política dentro da administração e uma administração tem de ser técnica" resumiu.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions