A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/01/2013 08:45

Prefeito e secretária vão a aterro sanitário em Campo Grande nesta manhã

Paula Maciulevicius
Catadores cadastrados na usina reclamam de improviso; do outro lado, ex-catadores pedem espaço para trabalhar. (Foto: Rodrigo Pazinato)Catadores cadastrados na usina reclamam de improviso; do outro lado, ex-catadores pedem espaço para trabalhar. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O prefeito Alcides Bernal (PP) visita o aterro sanitário, no bairro Dom Antônio Barbosa, saída para Sidrolândia, pela primeira vez desde que foi empossado, junto da secretaria de Assistência Social, Thaís Helena e do secretário de Infraestrutura, Transporte e Habitação, Semy Ferraz.

A visita está agendada para às 9h, no entanto, não há detalhes se o prefeito vai conversar com catadores, que ontem ameaçam invadir o aterro. Nesta segunda-feira, uma nova confusão se formou, quando um grupo de ex-catadores que está sem trabalhar, ameaçou de invadir o aterro. Eles reivindicam vagas para trabalhar na Unidade de Tratamento de Resíduos, já os catadores que estão na unidade, reclamam da falta de materiais e da situação de improviso da usina.

No último dia 2, catadores que invadiram a área em frente ao aterro sanitário já pediam reunião com o novo prefeito. A área pertence à prefeitura e está sendo ocupada por catadores que não se associaram à cooperativa.

O lixão de Campo Grande foi fechado de vez no dia 31 de dezembro, ainda na administração de Nelsinho Trad. Em dezembro, o anúncio do fechamento já havia causado confusão entre catadores, Polícia Militar e Guarda Municipal.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions