A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/05/2012 16:37

Prefeitura de Ponta Porã é investigada por fraude em licitação

Wendell Reis

MPE encaminhou a denúncia ao Tribunal de Justiça

O MPE (Ministério Público Estadual) encaminhou ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) uma denúncia contra a Prefeitura de Ponta Porã. O MPE acusa o prefeito Flávio Kayatt (PSDB), o procurador-geral do Município, advogado Jadson Pereira Gonçalves, o grupo de licitação da Prefeitura e todas os proprietários envolvidos na denúncia por fraude à licitação e, consequentemente, formação de quadrilha.

O MPE acusa a prefeitura por irregularidades em uma licitação para compra de medicamentos, alegando que as empresas têm sócios em comum, o que, no entendimento deles, caracteriza favorecimento.

O procurador Jadson Pereira nega irregularidades. Ele explica que foi realizada uma licitação na modalidade “convite”, considerada a mais simples entre as licitações e que envolve compra de produtos com valor inferior a R$ 80 mil. Nestes casos, segundo ele, a Prefeitura envia convites a três empresas.

O procurador lembra ainda que para configurar o crime é preciso comprovar o favorecimento, que deve ser documentado. Segundo Jadson, o Município ainda não foi notificado e caberá ao desembargador Francisco Gerardo de Sousa, que recebeu a denúncia, dizer se recebe ou não, mediante a indícios de materialidade. Caso a denúncia seja aceita, o prefeito pode perder o mandato e ter os direitos políticos suspensos.

Por telefone, o prefeito Flávio Kayatt (PSDB) declarou que desconhece qualquer coisa neste sentido. “Que barbaridade. Você que está me dando a notícia. Não tenho conhecimento de nada sobre. Meus pregões são feitos de forma transparente e presencial. Se tem uma prefeitura no Estado que tem pregão com pregoeiros preparados é a de Ponta Porã. Tenho três que fazem pregões presenciais. A denúncia é grave e eu não estou acreditando”, disse o prefeito, afirmando que é inocente e tem 20 anos de vida pública sem nenhuma irregularidade.

Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...
Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions