A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

24/08/2017 12:10

Prefeitura vai instalar ponto para controlar frequência de 18 mil servidores

Decisão judicial determinava somente registro de funcionários comissionados

Mayara Bueno
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD).
(Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo).

Obrigada pela Justiça a controlar a frequência de servidores comissionados, a Prefeitura de Campo Grande vai instalar ponto eletrônico para registrar a presença no trabalho de todos, comissionados e concursados. Ao todo, a prefeitura conta com 18 mil servidores.

"Nós vamos colocar. Vai ser geral, para todos, comissionados e concursados", disse nesta quinta-feira, dia 24, o prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD).

A Justiça marcou para hoje, às 14 horas, uma audiência com a prefeitura para que ela informe como vai cumprir. A determinação é para que o secretário responsável pelo registro diário de frequência de servidores comissionados participe da reunião.

Em 18 de janeiro, o TJMS (Tribunal de Justiça de MS) determinou que servidores comissionados, aqueles nomeados sem concurso público, registrassem a presença no trabalho diariamente. A decisão anulou também um decreto de 2012, que liberava o registro diário de funcionários.

Ainda de acordo com a ação, o Ministério Público suspeitou da existência de possíveis funcionários fantasmas, àqueles que estão empregados, mas não trabalham de fato e recebem salários mesmo assim.

Em março, uma nova recomendação foi editada pelo MPE, solicitando que a prefeitura aumente o rigor no controle e adote previdência para a implantação do ponto eletrônico. O objetivo é evitar fraude, como servidores fantasmas.

Saúde - Uma determinação semelhante foi direcionada à Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), para que ela instale ponto nas unidades de saúde. Hoje, a secretaria divulgou a compra de 25 aparelhos para instalar nos 10 postos de saúde por R$ 700 mil.

Controle de frequência é feito por folha e ponto eletrônico, diz prefeitura
Acionada na Justiça pelo MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), a Prefeitura de Campo Grande afirmou que todos os servidores reg...
Comissionados da prefeitura deverão registrar frequência, determina Justiça
Servidores comissionados, aqueles que são nomeados sem concurso público, da Prefeitura de Campo Grande, deverão registrar a frequência diária. A dete...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions