ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 12º

Política

Preocupado com Processante, Bernal esquece de Conselho Político

Kleber Clajus | 12/11/2013 09:21
Prazo de defesa sobre afastamento encerra hoje e Bernal deixa anúncio de Conselho Político para outro momento (Foto: Cleber Gellio)
Prazo de defesa sobre afastamento encerra hoje e Bernal deixa anúncio de Conselho Político para outro momento (Foto: Cleber Gellio)

No último dia para apresentar a defesa sobre pedido de afastamento, o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), esqueceu do compromisso, feito ontem, de anunciar seu conselho político no rádio. A Comissão Processante em curso na Câmara Municipal ganhou mais ênfase, uma vez que o progressista tenta na Justiça acabar com os trabalhos que podem resultar em cassação de seu mandato.

“Hoje estaremos encaminhando os documentos necessários sobre o pedido feito por dois adversários meus, ex-integrantes do PP que agora querem puxar o nosso tapete”, disse hoje Bernal, no programa Refazenda, da FM Cidade 97,9.

O pedido de afastamento de Bernal foi protocolado pelos ex-integrantes do PP, Pedro Guimarães e Raimundo Nonato, mesmos autores da denúncia que deu início aos trabalhos da Comissão Processante, que agora é alvo de mandato de segurança na Justiça solicitado pelo prefeito.

“Temos confiança na Justiça que deve decidir logo a ação que propusemos para acabar com essa Comissão que, a meu ver, não tem nenhuma imparcialidade. Não estão nem aí para as provas”, ressaltou.

A Processante inicia amanhã (13) audiências, na Câmara Municipal, para confirmar ou não a “fabricação de emergências” na administração progressista. Devem ser ouvidos representantes das empresas Já Gás, Megaserv, Salute e, também da MDR Distribuidora de Alimentos. 

Esquecidos - Sobre o Conselho Político, o prefeito se limitou ao discurso de que está “falando com os partidos”. A promessa de anúncio feita na segunda-feira (11) tinha sido confirmada pelo secretário de Governo, Pedro Chaves.

Este não é o primeiro compromisso que Bernal faz no rádio e fica esquecido. No dia 17 de outubro, o chefe do Executivo prometeu uma solução para o congestionamento gerado pela rotatória no cruzamento da Via Park e Avenida Mato Grosso. A situação seria resolvida “em no máximo 10 dias”, mas 27 dias depois ainda não há nenhuma intervenção no local.

Nos siga no Google Notícias