A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

23/08/2017 17:11

Presidenciável, Haddad lança livro no dia 31 em Campo Grande

Paulo Nonato de Souza
O ex-ministro Fernando Haddad estará em Campo Grande nesta quinta-feira para o lançamento do livro “Comentários a uma sentença anunciada: O processo Lula” (Foto: Arquivo)O ex-ministro Fernando Haddad estará em Campo Grande nesta quinta-feira para o lançamento do livro “Comentários a uma sentença anunciada: O processo Lula” (Foto: Arquivo)

O ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), estará em Campo Grande na próxima quinta-feira, 31. Ele vem participar do lançamento do livro “Comentários a uma sentença anunciada: O processo Lula”, produzido por um grupo de professores de Direito de várias universidades, como a UERJ, UFRJ, PUC-Rio e UNILA.

De acordo com a programação, Haddad desembarca às 10h20 no Aeroporto Internacional de Campo Grande, e às 11 horas receberá o título de “Visitante Ilustre” na Câmara Municipal. O lançamento do livro será às 17h30 no auditório da Anoreg (Associação dos Notórios e Registradores de Mato Grosso do Sul), na Chácara Cachoeira.

Capa do livro que será lançado nesta quinta-feira em Campo Grande (Foto: Arquivo)Capa do livro que será lançado nesta quinta-feira em Campo Grande (Foto: Arquivo)

Com 105 autores, o livro trata da condenação do ex-presidente Lula pelo Juiz Federal, Sérgio Moro, e do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Roussef (PT) votado pela Câmara dos Deputados.

Com organização de Juarez Tavares, Carol Proner, Gisele Cittadino, João Ricardo Dornelles, Gisele Ricobom, doutores e professores de direito na UERJ, UFRJ, PUC-Rio e UNILA, a obra reúne artigos de diversos juristas, como Lênio Streck e Pedro Estevam Serrano, Celso Antônio Bandeira de Mello, Weida Zancanner e José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça no Governo Dilma.

Ainda sobre Fernando Haddad, ele é um presidenciável do Partido dos Trabalhadores para as eleições de 2018. Seu nome foi lançado em julho deste ano pelo ex-presidente Lula, caso sua candidatura seja inviabilizada pela Justiça.

Dilma confirma Haddad, Lupi e Izabella Teixeira no ministério
A presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), confirmou hoje os nomes de mais três integrantes de seu ministério. Os ministros da Educação, Fernando Hadd...
Ministro Haddad descarta necessidade de anular Enem
O ministro da Educação, Fernando Haddad, descartou hoje a necessidade de anular as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) aplicadas nesse fi...
Câmara concluirá reforma política e discutirá denúncia contra Temer esta semana
O recebimento da denúncia contra o presidente Michel Temer pelos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça e a conclusão dos debates da ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions