ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Política

Presidente da Assembleia de MS visita Butantan e pede vacinas a Doria

O titular da Casa de Leis conheceu parte do processo de produção da Coronavac e da Butanvac, ainda em testes

Por Guilherme Correia | 22/07/2021 10:26
Presidente da Assembleia fez a visita junto ao titular da Fiems, Sérgio Longen (Foto: Reprodução/Fiems)
Presidente da Assembleia fez a visita junto ao titular da Fiems, Sérgio Longen (Foto: Reprodução/Fiems)

Em agenda marcada por diversos encontros com outros tucanos do estado de São Paulo, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB), solicitou nesta quarta-feira (21) ao governador paulista, João Doria (PSDB), envio de doses extras da vacina Coronavac ao Estado.

O titular visitou o Instituto Butantan, na capital paulista, junto ao presidente da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul), Sérgio Longen, e do vice-presidente, Roberto Faé, onde conheceu parte do processo de produção do antígeno, bem como da Butanvac, primeiro imunizante produzido integralmente no Brasil, que já obteve autorização da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para estudos clínicos, visando ser aplicada futuramente.

Além desse encontro, Corrêa também cumpriu agenda oficial na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), onde foi agraciado com uma réplica do Monumento às Bandeiras, entregue pelo presidente Carlão Pignatari (PSDB), que esteve, no início de julho, em MS.

A convite de Doria, o parlamentar também esteve no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista, onde foi recebido pelo ex-presidente da Alesp e atual Chefe da Casa Civil, Cauê Macris (PSDB).

“Foram agendas muito produtivas, onde pudemos estreitar laços em benefício da população de ambos estados, ainda mais nesse momento que vivemos, onde a colaboração e o trabalho conjunto pelo bem do Brasil é que vão nos fazer superar os enormes desafios que temos pela frente”, afirmou Corrêa.

Reunião feita no Instituto Butantan, onde Coronavac é produzida no País (Foto: Reprodução/Fiems)
Reunião feita no Instituto Butantan, onde Coronavac é produzida no País (Foto: Reprodução/Fiems)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário