A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

13/11/2014 18:01

Presidente Dilma e Lula lamentam no Facebook morte de Manoel de Barros

Ângela Kempfer
Manoel de Barros morreu aos 97 anos.Manoel de Barros morreu aos 97 anos.

Na página oficial de Dilma Roussef mensagem publicada nesta quinta-feira lamenta a morte do poeta Manoel de Barros. No Facebook, a presidente lembra também do filósofo Leandro Konder, falecido ontem.

“O Brasil sofreu duas grandes perdas. Nesta manhã (13), o premiado poeta Manoel de Barros, autor de obras como "Poemas concebidos sem pecados" e "O Guardador de Águas", morreu aos 97 anos, em Campo Grande (MS), onde permanecera internado nas duas últimas semanas após sofrer intervenções cirúrgicas”, informou.

Há pouco, o ex-presidente Lula também fez uma homenagem pública a Manoel. “Nossa literatura perdeu hoje o grande poeta Manoel de Barros. Ele traduziu em linguagem o encanto de quem olha o mundo e a natureza de forma generosa, e compartilhou esse encanto com seus milhares de leitores”.

Também publicado na página oficial no Facebook, o texto de Lula dá os pêsames públicos à família Barros. “A obra original e única desse escritor brilhante é um grande legado para a cultura brasileira. Nesse momento de tristeza pela partida, queremos estender nossa solidariedade aos familiares, amigos, leitores e admiradores de Manoel de Barros.

A mensagem também tem a assinatura de Marisa Letícia, esposa de Luiz Inácio Lula da Silva.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions