A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/07/2009 16:57

Presidente do DEM nega aliança do partido com Artuzi

Redação

O presidente regional do DEM, vice-governador Murilo Zauith, negou há pouco que o partido fará aliança com o prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT).

Há informações de que o prefeito teria oferecido ao menos cinco secretarias ao partido, após o afastamento de vários secretários investigados na Operação Owari, da Polícia Federal, que desmantelou um esquema de fraude em licitações.

Murilo afirmou ao Dourados Agora que não há nenhum convite formal e que apenas houve conversas entre o prefeito e integrantes do partido, inclusive alguns vereadores.

No entanto, Murilo destaca que Artuzi não o procurou para falar sobre o assunto.

O deputado estadual Zé Teixeira disse ao Campo Grande News que o vereador Paulo Henrique Bambu sempre teve bom trânsito com Artuzi, e que teria conversado com o prefeito sobre a possibilidade de o DEM integrar sua base aliada.

Zé Teixeira afirmou que, neste momento, o DEM está deixando de lado diferenças partidárias, em benefício de Dourados.

"Não podemos ficar omissos numa hora dessas, temos que somar forças em prol da cidade", declarou, deixando claro que o partido está mesmo sendo cotado para participar da administração de Artuzi.

O parlamentar disse ainda que Artuzi não discriminou quais secretarias estariam disponíveis para DEM e PSDB.

"Temos que encontrar técnicos, pessoas especializadas", explicou, afirmando que alguns filiados ao DEM estão integrando conselho criado para discutir o reordenamento do secretariado municipal. Entre eles, Idenor Machado, Roberto Alva e o presidente do Sindicato Rural de Dourados, Marisvaldo Zeuli.

Até agora, sete secretários acusados de envolvimento no esquema de fraudes foram afastados. Isso sem contar com Neno Razuk, que pediu hoje demissão da Secretaria de Planejamento do município.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions