A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/03/2014 19:54

Presidente nacional do PP ainda não vê Bernal como página virada

Josemil Arruda
Olarte (à direita) tem conversado com Ciro para assumir comando do PP em MSOlarte (à direita) tem conversado com Ciro para assumir comando do PP em MS

O presidente nacional do Partido Progressista (PP), senador Ciro Nogueira, demonstrou hoje certa apreensão com a crise política em torno da Prefeitura de Campo Grande, que gerou a cassação de Alcides Bernal e a posse de Gilmar Olarte, ambos do mesmo partido. Ciro parece não ter pressa em decidir o pedido de Olarte para que lhe seja entregue o comando regional da legenda, ainda presidida por Bernal.

Nesta quarta-feira, em entrevista à Rádio Cultura, em Brasília, Ciro Nogueira lembrou que a eleição de Bernal em 2012 foi a mais importante para o PP de 2012 e evidenciou descrença de que a cassação de Bernal seja uma página virada na história de Campo Grande.

Afirmando crer no comportamento da Justiça brasileira, Ciro voltou a afirmar, como na nota lida por Bernal no dia do julgamento (12 de março), “não ter nada de irregular na gestão” do prefeito cassado. Para ele, há possibilidade de Bernal voltar ao cargo por decisão judicial. “Já teve decisões nesse sentido em muitos casos como esse, em que não há corrupção”, afirmou.

 

 



O que aconteceu foi uma vergonha 23 votaram a favor da cassação do ex prefeito Alcides Bernal ,ai mostra quantos vale a a população campo-grandense 23 pessoas resolveu a opinião de 270.927 pessoas, quando as pessoas não irem mais as urnas votarem ai vamos ver quem vai reclamar néh,é p/ acabar.ai fica a pergunta "o que vale a opinião pública?
 
Marlene Equidone em 20/03/2014 23:48:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions