A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

29/07/2010 15:29

Presidente regional do PSOL irá tentar o Senado em MS

Redação

Após problemas envolvendo os dois possíveis candidatos ao Senado, o PSOL decidiu nesta tarde substituir o concorrente Jorge Batista, que não estava devidamente filiado, pelo presidente regional do partido, Lucien Roberto Resende.

Lucien está filiado ao PSOL desde 2007 e disputou apenas uma eleição, em 2008, quando obteve 0,12% dos votos (466) para vereador de Campo Grande.

Desde junho do ano passado, Lucien preside o PSOL. Ele nunca esteve filiado a outro partido.

Apesar da experiência frustrada de tentar uma vaga na Câmara Municipal, Lucien diz que não está preocupado com a quantidade de votos que irá receber na eleição. "Sabemos que é difícil, mas o objetivo de construir o partido e mostrar as nossas propostas. A boa votação é consequência", afirma.

Duas vagas ao Senado por Mato Grosso do Sul estão em disputa nas eleições de outubro. Cada eleitor também poderá votar em dois concorrentes.

Além de Lucien, disputam o Senado Delcídio do Amaral (PT), Waldemir Moka (PMDB), Murilo Zauith (DEM) e Dagoberto Nogueira (PDT).

Inicialmente, o PSOL havia declarado que teria dois candidatos a senador: Professor Washington e Jorge Batista.

Washigton sequer foi registrado, pois não conseguiu providenciar em tempo hábil os documentos exigidos pela Justiça Eleitoral.

Já Jorge Batista não conseguiu comprovar se estava devidamente filiado ao partido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions