A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/04/2013 08:02

Prestes a tomar posse, Herculano comemora Secretaria da Juventude

Vereador reeleito pelo PSC, Herculano Borges toma posse nesta segunda-feira na Secretaria Extraordinária da Juventude para implementar políticas públicas para mais de 40% da população de MS

Carlos Martins
Missão de Herculano Borges: trabalhar para dar oportunidade aos jovens (Foto: Izaias Medeiros)Missão de Herculano Borges: trabalhar para dar oportunidade aos jovens (Foto: Izaias Medeiros)

Reeleito no ano passado para o segundo mandato como vereador, Herculano Borges (PSC) assume amanhã a Secretaria Extraordinária da Juventude. Convidado pelo governador André Puccinelli (PMDB), Herculano toma posse com a responsabilidade de desenvolver políticas públicas para mais de 600 mil pessoas, levando-se em conta o Estatuto da Juventude, aprovado no dia 16 de abril pelo Senado. O Estatuto classifica o jovem com idade entre 15 e 29 anos e tendo como base o Censo do IBGE de 2010, em Mato Grosso do Sul 27% da população está nesta faixa etária o que equivale a 663.175 jovens.

Se for considerado os dados do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) nas últimas eleições, que situa esta faixa entre 16 e 34 anos, o percentual de pessoas afetadas pela Secretaria da Juventude é ainda maior, correspondendo a 736.325 pessoas, o equivalente a 42% dos 1.776.273 eleitores. “A responsabilidade é muito grande. Com a criação da secretaria, o anseio da juventude se torna realidade”, diz Herculano, que terá a missão de buscar recursos e programas do Governo Federal, além de criar projetos estaduais, para por em prática políticas públicas para estes jovens.

Professor de Educação Física, 38 anos, Herculano Borges diz que já fazia política mesmo antes de assumir o primeiro mandato de vereador em 2009, trabalhando com crianças, adolescentes e jovens nas escolas e nos bairros. Evangélico (Igreja Nova Vida), Herculano assume com o apoio de vários movimentos sociais, dentre eles os representantes de instituições da sociedade civil e governamental que integram o Conselho Municipal da Juventude. Em entrevista ao Campo Grande News, Herculano fala sobre seus projetos frente à secretaria.

A seguir, acompanhe trechos da entrevista:

Precisamos sair na frente na disputa por programas e recursos (Foto: Izaias Medeiros)"Precisamos sair na frente na disputa por programas e recursos" (Foto: Izaias Medeiros)

Campo Grande News – O senhor tem um desafio pela frente. Qual é sua missão na Secretaria da Juventude?

Herculano Borges - É trabalhar para dar oportunidade aos jovens. Fazer a Secretaria da Juventude funcionar e poder efetivamente contribuir para o crescimento, desenvolvimento dos nossos jovens, dar capacitação, gerar emprego e renda. A Bíblia diz: jovens, os escolhi porque sois fortes. O jovem tem força e quando a força é bem canalizada ela tem resultados, quando é mal canalizada também tem resultados, só que são negativos. Faz parte da missão assessorar diretamente o governo na ampliação do acesso da população jovem as plataformas de governo criadas par prover suas necessidades.

Campo Grande News – Como foram às conversas com o governador André Puccinelli?

Herculano Borges - No final do ano tive uma conversa com o governador. Nesse contato ele me posicionou de forma genérica que estava planejando uma ação e me perguntou se eu estaria à disposição para assumir alguma pasta. Só que ele não explicou o que era e eu pensei que ele, analisando meu perfil, estaria pensando em alguma coisa ligada aos jovens ou ao esporte. Ai, em janeiro, ele falou sobre a criação da Secretaria da Juventude e me convidou. O governador André Puccinelli se antecipou porque são poucos os Estados onde já foram criadas as secretarias da juventude, como Espírito Santo, Goiás. Mato Grosso do Sul está na vanguarda e a tendência é que todos os Estados criem as secretarias até para serem amparados pelo governo Federal. Para que possam ocorrer estes financiamento, Estados e municípios devem estar preparados,

Campo Grande News - Um convite justamente para uma área que o senhor gosta e tem experiência.

Herculano Borges - Fiquei muito contente com o convite até porque desde 2003 venho acompanhando estas discussões no Senado e na Câmara. Em 2010, a PEC da Juventude foi aprovada e foi incluída na Constituição a palavra jovem. Até então, o jovem não tinha uma política voltada para ele. E agora veio a culminar com a aprovação do Estatuto da Juventude. Havia um espaço a ser preenchido, até porque temos o Estatuto da Criança e do Adolescente, o Estatuto do Idoso, e tão importante quanto estes dois foi a aprovação do Estatuto da Juventude. Esse estatuto vem colocando o jovem constitucionalmente, com direitos preservados na Constituição e agora, a partir deste Estatuto, com políticas públicas direcionadas para a juventude.

Campo Grande News - Que projetos poderão ser desenvolvidos para os jovens?

Herculano Borges – Vamos buscar os projetos nacionais e criar os nossos próprios. Mato Grosso do Sul está se preparando e se capacitando para receber todos estes projetos nacionais para desenvolver políticas em questões tais como o primeiro emprego, capacitação profissional, empreendedorismo.

Campo Grande News - Como vai trabalhar a sua equipe?

Herculano Borges - Quando o governador nos convidou em janeiro, já começamos a trabalhar. Já temos as pessoas que estarão à frente da secretária. É uma equipe enxuta, equipe jurídica, equipe técnica de projetos, escolhida a dedo para que possamos captar estes recursos e estes programas nacionais. Na questão do primeiro emprego, do empreendedorismo, esporte, educação, e já temos pessoas de outras secretarias que se colocaram à disposição para nos auxiliar. Embora seja uma secretaria enxuta, será uma secretaria que irá trabalhar muito, até porque precisamos nos agilizar para sair na frente pela disputa de programas e recursos.

Campo Grande News – Estes programas já estão sendo levantados?

Herculano Borges - Estamos mapeando estes projetos, dentre eles, o pró-jovem urbano e o programa vale Universidade MS, além da capacitação de mão de obra juvenil em parceria com os municípios. Outro programa que iremos desenvolver é o de curso de idiomas a distância, porque uma grande falha que há, hoje, é a falta do segundo idioma. Nosso Estado tem vocação turística e um jovem que fala outro idioma pode ser inserido no mercado de trabalho. Tem também a Copa do Mundo 2014, as Olimpíadas em 2016, eventos que vão atrair para nosso País e nosso Estado um grande contingente de estrangeiros. Estudos mostram que pessoas que falam um segundo idioma têm muito mais chance de ser inserida no mercado de trabalho. Por exemplo, na Itália, a maioria da população fala o inglês como segundo idioma. Queremos adotar essa cultura aqui em nosso Estado dando condições ao jovem. Já estamos conectando, a principio, os polos Corumbá, Dourados, Três Lagoas, Coxim, e dentro destes polos queremos arrastar para as regiões. Já visitei Corumbá, Aquidauana, Miranda, toda essa região já fiz.

Campo Grande News - Para desenvolver projetos e programas será importante fazer parcerias.

Herculano Borges - Como professor de educação física sempre trabalhei com a infância, adolescência e juventude. Precisamos de parcerias e de dar condições para que os jovens possam estar vinculados ao esporte, cultura, para que possam estar com a mente ocupada. Isso diminui o envolvimento com drogas, tráfico, prostituição, estas questões que estão assolando nossa juventude. E é importante também fazer parcerias com as igrejas. Por exemplo, em Campo Grande tem bairros que não têm um centro comunitário, mas tem igreja que desenvolve trabalho social com jovens. E muitas vezes não possui a mínima estrutura, mas com a parceria podem receber apoio do Estado, para usar a casa paroquial, o salão, que em muitos dias da semana ficam fechados e o jovem fica na rua. Nas igrejas têm pessoas capacitadas que querem fazer um trabalho, mas não têm um projeto.

Campo Grande News - Com será a integração com as demais secretarias?

Herculano Borges – Minha primeira ação será visitar todos os secretários e me colocar à disposição para desenvolver parcerias. Visitaremos a Setas, a secretaria de Educação, de Saúde, a Fundesporte. A princípio podemos utilizar as estruturas que já existem para que a gente possa desenvolver parcerias em todos os setores, vendo a melhor forma de trabalhar de maneira legal e buscar esse fortalecimento, pois todas estas secretarias trabalham com o objetivo de crescimento do nosso Estado. Então, minha visão é de buscar essas parcerias e até com pessoas, já que nossa equipe será enxuta. O próprio governador sugeriu que se tiver alguma pessoa de outra secretaria que desenvolve um trabalho que possa nos ajudar, poderemos estar buscando esse apoio. O governador nos deixou a vontade para fazer essa intermediação nas outras secretarias. Paralelamente a esta parceria, iremos a Brasília nos apresentar como secretário de Estado à secretária Nacional da Juventude, Severine Macedo. Colocar-nos à disposição, até porque tem uma frase que diz que quem chegar primeiro bebe água limpa. E Mato Grosso do Sul está chegando primeiro nessa velocidade do governador André Puccinelli, então não queremos perder tempo.

Trabalho com os jovens desde os 17 anos (Foto: Izaias Medeiros)"Trabalho com os jovens desde os 17 anos" (Foto: Izaias Medeiros)

Campo Grande News - O senhor já tem ideia dos recursos que poderão ser acessados junto ao Governo Federal?

Herculano Borges - Ainda não temos esta noção, mas nós sabemos, até como diz no Artigo 41, inciso 8 do Estatuto, que compete à união financiar os demais entes federados. Isso quer dizer que eles têm que ter estes recursos, até porque é o momento da juventude. A igreja Católica vai realizar a Jornada Mundial da Juventude, em julho, no Rio de Janeiro.

Campo Grande News - O senhor irá trabalhar também em parceria com as entidades?

Herculano Borges - Já estou articulando uma conversa com o presidente da Assomasul, Douglas Figueiredo [PSDB], porque a Assomasul também tem um projeto nesse sentido. A Assomasul será importante para alinhar essas ações com as prefeituras. Já conversei também com o superintendente da Caixa Econômica Federal, Paulo Antunes, que tem uma política para esta área. Conversei ainda com o diretor regional da OI, que tem um programa de primeiro emprego para quem encerrou o Ensino Médio e Campo Grande é hoje um grande polo no Brasil de Call Center. A Secretaria da Juventude poderia fazer a capacitação destes jovens por meio de parcerias como entidades como o SEBRAE.

Campo Grande News - Uma de suas tarefas será investir na capacitação dos jovens

Herculano Borges - Existe uma preocupação da Fiems [Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul] de que em pouco tempo o Estado possa entrar em colapso, porque o Estado está se industrializando e não tem gente capacitada para dar conta dos empregos criados. Queremos trabalhar muito forte nesta questão da capacitação. Outra coisa. Queremos trabalhar com capacitação da juventude indígena. Lá em Dourados jovens indígenas estão entrando no vício do álcool e das drogas e se suicidando, porque falta ocupação e opções. Queremos contemplar tudo isso, inclusive com o jovem portador de deficiência. Vamos debater estas questões com os municípios e a iniciativa privada. Iremos realizar, também, seminários para a Juventude em todas as regiões e fomentar novos empreendimentos mediante capacitação dos jovens e fazendo o direcionamento de linhas de crédito que podem ser acessadas através do Banco da Gente, ligado a Setas [Secretaria do Trabalho e Assistência Social], para que possam criar seus negócios. Precisamos capacitar esses jovens para eles serem empreendedores dando-lhes condições de saírem da informalidade.

Campo Grande News – Para receberem recursos, os municípios também devem criar suas secretarias?

Herculano Borges - Nesta segunda-feira, durante a posse, estarão presentes muitos prefeitos que virão para a Capital para o ato de entregue dos ônibus escolares pela presidente Dilma Rousseff. Vamos aproveitar para incentivar os prefeitos a criarem as secretarias municipais de Juventude, os Conselhos Municipais da Juventude, para que possamos irrigar estas prefeituras com recursos, já que é pré-requisito para estes repasses a criação da secretaria. Porque vamos buscar em Brasília recursos para o Estado, agora, estas informações, créditos, programas, precisam ser capilarizados para o interior. Com a criação da Secretaria Estadual, e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal [PP], já anunciou também a criação, tenho certeza que as outras cidades serão incentivadas a criar as secretarias da Juventude, até para possam ser contempladas com estes recursos federais.

Campo Grande News - Como foi que o senhor começou a desenvolver este trabalho com a juventude?

Herculano Borges – Trabalho com os jovens desde os 17 anos. Sou profissional de Educação Física, fui diretor de Ensino Médio, trabalhei na Universidade Católica Dom Bosco [UCDB], dei aula na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul como professor substituto. Em 98 montamos a equipe de futsal da UCBD e levamos um projeto junto à coordenação de esportes para conceder bolsas para os acadêmicos que fizessem parte da equipe de futsal. Começamos com um pouquinho de bolsas e nos anos seguintes o número de bolsas foi aumentando e até hoje a UCDB investe 100 por cento de bolsas para seus atletas. Portanto, esse trabalho que vamos fazer agora de forma mais efetiva na secretaria começou lá em 98. Eu já fazia política no Colégio ABC e também levamos esta ideia para várias categorias, como atletismo, vôlei. Tinha criança lá da periferia, da Nascente do Segredo, que não tinha nenhuma condição de estudar numa escola particular e teve esta chance com a bolsa atleta. E hoje os frutos estão aí, encontro alunos que dizem: estou formado em Direito e se não fosse aquela oportunidade eu não teria conseguido. E o legal é que estas pessoas que ajudamos fazem este mesmo trabalho com outros que estavam na mesma situação. É a corrente do bem, tem muita gente que faz este trabalho, então eu já ajudava, já contribuía, e em 2006 eu pensei que podia fazer mais, por isso decidi entrar para a política.

Campo Grande News – Foi a partir dessa vivência que o senhor decidiu iniciar a carreira política.

Herculano Borges - A partir de 2006 comecei a me informar mais sobre a questão política e esse testemunho falo para os jovens. Percebi que quem não busca estar participando das decisões, geralmente vai ter outras pessoas que vão decidir por ele. Se ele estiver alienado, é o que as pessoas mal intencionadas querem, para que fique mais fácil de manipular. Eu já fazia política e não sabia. Na minha ligação com os jovens e adolescentes eu já fazia política e passei a ver que o que eu fazia no dia a dia poderia fazer de forma mais efetiva. E em 2007, no último dia do prazo, eu fiz minha filiação. Disputamos as eleições de 2008 trabalhamos nessa linha, família, esporte, educação. Vencemos as eleições por diferença de 12 votos, entrei na 21ª vaga com 4.078 votos. E o nosso trabalho foi muito focado nestas questões. Fizemos projetos importantes como a lei dos biombos nos bancos que é de minha autoria. Campo grande foi uma das primeiras cidades no Pais. Quando tivemos a ideia tinha uma ou duas cidades no Brasil com esta lei, hoje em dia qualquer cidade tem. Diminuiu muito os crimes de saidinha de banco. Agora tem banco que ainda não instalou e a pessoa que vai ao caixa fica exposta. Na última eleição, embora tenha crescido 100 por cento o número de candidato, de 250 para 500, nós tivemos 50 por cento a mais de votos (6.194 votos) e isso foi por causa do trabalho que nos desenvolvemos.

Campo Grande News - Como o senhor avalia este momento, em que se licencia da Câmara para assumir a missão de comandar a Secretaria da Juventude?

Herculano Borges - Na minha despedida, eu falei que estou com um misto de saudade e de alegria. Saudade do ambiente da Câmara, das amizades, do trabalho. E com alegria de estar assumindo um novo desafio. Agora, o que eu tenho falado para os meus eleitores e para quem gosta do nosso trabalho, é que eu não vou deixar de ser vereador. Estou me licenciando e vou deixar de ser vereador de direito, mas não de fato. Deixarei de estar aqui durante este período que nós estivermos à frente da secretaria. Vou continuar andando no meu segmento, segmento cristão, dos esportes, da educação, nos bairros, com os projetos, e vamos continuar levando as reivindicações tanto para a prefeitura e agora para o governo do Estado. Então, eu creio que o eleitor do Herculano, que votou, pode ficar tranquilo, que não vou deixar ninguém órfão, muito pelo contrário, vamos estar mais fortalecidos para que a gente possa continuar trabalhando.

O PSC está em ascensão não só dentro do Estado, mas no cenário nacional (Foto: Izaias Medeiros)"O PSC está em ascensão não só dentro do Estado, mas no cenário nacional" (Foto: Izaias Medeiros)

Campo Grande News - Com sua ida para a Secretaria da Juventude, o PSC, Partido Social Cristão, passa a integrar o governo e se fortalece no Estado.

Herculano Borges - É um fortalecimento do partido. O PSC está em ascensão não somente aqui dentro do Estado, mas também no cenário nacional. O lema do partido é o ser humano em primeiro lugar, nosso foco é trabalhar em prol da família brasileira. Creio que a sociedade está do jeito que está hoje porque a família está enfraquecida. Então, qual é o objetivo do PSC? É o fortalecimento da família. Se conseguirmos fortalecer a família iremos fortalecer a sociedade. Também o fato de o PSC ter assumido a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, isso deu um destaque muito grande.

Campo Grande News - O pastor Feliciano na presidência do conselho ajudou a colocar em evidencia o partido.

Herculano Borges - Antes mesma da questão do deputado Marco Feliciano, deste grande barulho, por coisas que ele falou e também por muitas coisas que distorceram, o PSC já tinha se posicionado para ter um candidato a presidente em 2014. Aqui no Estado temos vários vereadores, vices-prefeitos, um suplente de senador, o partido está crescendo e a cada dia mais pessoas estão procurando o PSC para se filiar. Até por conta da bandeira, que é o partido da família e hoje em dia as pessoas estão preocupadas em cuidar da família.

Campo Grande News - Fazendo uma projeção, o senhor tem ainda pouco mais de um ano e meio pela frente para desempenhar a função de secretário. O senhor pretende voltar para a Câmara ou tem a intenção de concorrer nas próximas eleições em 2014?

Herculano Borges - Hoje minha visão é fortalecer a Secretaria da Juventude, trabalhar para ser bem lembrado pelas futuras gerações. Então meu foco é fazer um trabalho forte na secretaria. Como já falei, política é momento, quem sabe em 2014 se a secretaria estiver a todo o vapor, funcionando e eu receber a missão do meu partido de disputar o mandato de deputado, quem sabe. Mas hoje o meu foco é fortalecer a secretaria, e quem sabe um dia chegar, porque não, a disputar uma eleição de prefeito da cidade. Sempre fui uma pessoa muito centrado e coloco metas naquilo que eu faço. Todo ano eu coloco metas e minha meta agora e focar a Secretaria da Juventude. No ano que vem vamos avaliar tudo aquilo que fizemos, que a secretaria está nos trilhos, que está trazendo recursos para o Estado, está trabalhando para os jovens e se for um bom momento,quem sabe. Eu faço parte de uma sigla que pode me convocar como soldado para participar de uma batalha que é a eleição. Quem sabe a gente pode discutir, mas se isso não acontecer, também vou encarar com muita tranqüilidade. A Bíblia diz no livro de Eclesiastes que há tempo para todos as coisas, se for o tempo de Deus, vai acontecer naturalmente.



Parabéns pela conquista Herculano
o governador André,nao poderia ter dado
esse cargo pra melhor pessoa...
os jovens estao precisando msm
de pessoa assim de coração humilde cmo o seu...
fica com Deus.
 
Mayara Araujo em 29/04/2013 08:44:32
Mesmo o estado sendo laico, necessita de homens com uma compreensão profunda dos conceitos sadios de base, aqueles ensinados pelo próprio Deus! portanto, herculano que voce possa ter sabedoria e discernimento todos os dias no seu trabalho.
 
cleiton rodrigues em 29/04/2013 05:41:07
Parabéns Secretário Herculano Borges, tenho plena convicção que você fará a grande diferença estando no Governo do Estado de MS, conte com as lideranças jovens de MS para fazer um bom e pleno trabalho conjunto.
 
Marcos Silva em 28/04/2013 17:27:27
Nada como um dia atrás do outro, não é mesmo? - Há 05 anos, o Herculano Borges com a maior cara de anjo, juntamente com a cúpula das igrejas da prosperidade de nossa capital, percorreu várias igrejas evangélicas em Campo Grande, pedindo o nosso voto para representar o Evangelho de Jesus.
Ganhou a primeira apertada. Ano passado, foi reeleito, pois já tinha a máquina pública do seu lado, trnasformando seu gabinete em cabide de emprego, ajudando vários apóstolos pastores a morar bem (muito bem, por sinal), e agora troca o voto de todos os cristãos que confiaram nela para ser Secretário? - E na sua entrevista, não fala nada de Evangelho????? - Bem feito para os irmãos que votaram nele na confiança, porquê pros outros, hummmm. a coisa vai melhorar!!!!.
 
Tiago Silva em 28/04/2013 15:34:06
o Governador escolheu muito bem o nome do futuro secretário da juventude, pois o vereador e professor de educação fisica Herculano Borges é jovem e promissor, e essa secretaria (da juventude) terá uma importante missão para nossos jovens. boa sorte herculano.
 
cesar paschoal em 28/04/2013 12:36:16
Acredito no Herculano, podemos medir a capacidade positiva de um ser humano pelos seus princípios e valores, parabéns, sucesso e que Deus aumente a cada dia uma dose de sabedoria em sua vida para conduzir esta brilhante pasta. Carlos Henrique.
 
Carlos Henrique Ferreira da Silva em 28/04/2013 10:47:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions