A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Janeiro de 2018

21/08/2008 17:18

Procuradoria denuncia prefeito e 7 vereadores de Japorã

Redação

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul recebeu ontem denúncia contra o prefeito de Japorã Rubens Freire Marinho (PT). A denúncia, oferecida pela PGJ (Procuradoria Geral de Justiça) inclui, ainda, sete vereadores da cidade. Eles foram acusados de extorsão, uso indevido do dinheiro público e falsidade ideológica.

De acordo com a PGJ, Marinho e sete vereadores impuseram à Câmara da cidade que fosse declarado, por meio de escrituras públicas, confissão de uma dívida no valor de R$ 50 mil em benefício de uma terceira pessoa. O nome do beneficiário não foi divulgado. O objetivo era garantir acordo político para manipular a eleição e, desta forma, decidir a composição da mesa diretora da Câmara de Japorã, que tem nove vagas.

Após acertar a composição da mesa diretora, o prefeito ainda fez nova proposta à Câmara. Desta vez, o beneficiário de R$ 50 mil seria o próprio prefeito. Além disso, Marinho é acusado de ameaçar o presidente da Câmara, João Carlos Teodoro, de denunciá-lo por extorsão se não acatasse as ordens.

O prefeito e os sete vereadores são acusados, também, de hospedarem em um hotel em Guaíra (PR), em dezembro de 2006, usando indevidamente dinheiro público.

Além do prefeito, foram denunciados os vereadores João Carlos Teodoro, Lindomar de Oliveira, Jair de Souza Lima, Edivaldo Cangussu Meira, Luiz da Silva Francisco, Arlindo Perin, e Gilvan Perin. Todos serão ouvidos pelo Tribunal de Justiça para contestar as acusações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions