A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

17/06/2016 09:01

PSDB articula possível aliança com o PMDB na Capital, diz secretário

Peemedebistas cogitam formação de grupo com o PSB, mas não descarta parceria com os tucanos

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), à esquerda, com o secretário da Casa Civil, Sergio de Paula. (Foto: Arquivo)Governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), à esquerda, com o secretário da Casa Civil, Sergio de Paula. (Foto: Arquivo)

O PSDB quer o apoio do PMDB para a eleição municipal deste ano, segundo o secretário da Casa Civil, Sergio de Paula. O partido, que já definiu a pré-candidatura da vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), busca aliança com outras legendas como PSB e PR, que indicará o vice dos tucanos.

De acordo com De Paula, que também tem a função de articulador do governo, não há nada definido por enquanto, mas o partido acredita na formação de um bom grupo forte com o PMDB. “Acredito que podemos formar um grupo bom para melhorar Campo Grande, fazendo uma política de estado para a cidade”, disse, ressaltando que mantém um bom relacionamento com o presidente dos peemedebistas, Junior Mochi.

Por sua vez, o PMDB cogita a formação de um grupo político com o PSB. A ideia seria os dois partidos entrarem em consenso para definir o nome – que está entre o deputado estadual Marcio Fernandes (do PMDB) e da deputada federal Tereza Cristina (do PSB) – e a outra legenda apoiá-lo. Inclusive, uma reunião prevista para a tarde desta sexta-feira (17) deve definir a situação.

O presidente Junior Mochi reconheceu que existe conversa com o PSDB, “pois eles têm o interesse de estar com a gente”. “O diálogo sempre vai existir, até porque acredito que esta eleição seja resolvida no primeiro turno. Se não for agora (primeiro turno), podemos (firmar aliança) no segundo turno”, disse.

Grupo político – O PMDB estudou a formação de um grupo que teria, inicialmente, o PSB e o PR, mas este último partido desistiu da parceria, afirmando, na semana passada, que poderá fazer aliança com o PSDB. Neste caso, seria para indicar o candidato a vice-prefeito de Rose, Claudio Mendonça. Sobre o nome, Sergio de Paula afirmou que é um bom quadro. “Não está definido, mas ele é um dos ótimos nomes que temos”.

Já o PMDB mantém, por enquanto, a intenção de formar o grupo com o PSB. Tanto é que hoje a reunião com a deputada Tereza Cristina deve selar ou cancelar de vez a ideia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions