A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/09/2010 17:37

PSOL tem 167 desfiliações em MS às vésperas da eleição

Redação

A quatro dias da eleição, o PSOL recebeu um manifesto assinado por 167 militantes de Campo Grande, Três Lagoas, Caarapó, Camapuã e Maracaju, comunicando suas desfiliações do partido.

Entre os que deixam o partido, estão alguns militantes históricos como o sindicalista José Henrique Martini, que disputou a prefeitura de Campo Grande, foi fundador da CUT e presidente dos diretórios municipal e regional do PSOL, e Anita Borba, fundadora da CUT, do PSTU e do PSOL.

No manifesto, os militantes dizem que o candidato a governador Nei Braga traiu o partido, com o apoio do presidente Lucien Rezende, e "alugou (a legenda) para a coligação liderada pelo PMDB".

No documento, Nei Braga é chamado de "pernicioso, prepotente, oportunista e anticlassista". Os militantes também lembraram que em maio de 2006 Nei Braga chegou a ser expulso do partido por decisão unânime da Direção Nacional, mas conseguiu se filiar novamente.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions