ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  22    CAMPO GRANDE 30º

Política

Puccinelli “brinca” com candidatura ao Senado e fustiga adversários

Por Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha | 26/11/2013 08:51
Governador voltou a falar sobre possível candidatura ao Senado em 2014 (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)
Governador voltou a falar sobre possível candidatura ao Senado em 2014 (Foto: Cleber Gellio/Arquivo)

O governador André Puccinelli (PMDB) voltou a adotar um suspense sobre a eventual candidatura ao Senado em 2014. Ele “brincou” com a hipótese durante encontro com o deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB), em Brasília (DF).
Na manhã de hoje (26), ao participar do Seminário de Políticas Públicas da Juventude, ele disse que a oposição está com medo da sua candidatura. Pesquisas de opinião pública para consumo interno do PMDB apontam Puccinelli como o favorito a vaga de senador em 2014.

No entanto, o peemedebista disse que só brincou com a hipótese de ser candidato. O PMDB cogita lançar a candidatura da vice-governadora Simone Tebet. Ela fará dobradinha com Nelson Trad Filho, que disputará o Governo em outubro de 2014.

“Eles estão com medo”, disse Puccinelli, sobre a hipótese de recuar da decisão de cuidar dos netos e substituir Simone na chapa do PMDB. “O peixe morre pela boca”, afirmou, sobre o fato da conversa com Reinaldo Azambuja ter ganhado repercussão no Estado.

No encontro, o tucano teria dito que desejava saber se Puccinelli seria candidato para decidir o seu futuro em 2014. Reinaldo pode disputar o Senado em dobradinha com o senador Delcídio do Amaral (PT), que seria candidato ao Governo, ou disputar a sucessão de Puccinelli para garantir palanque para o presidenciável Aécio Neves (PSDB) em Mato Grosso do Sul.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário