A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

25/06/2014 12:45

Puccinelli fará sua “própria campanha” para Dilma em MS

Leonardo Rocha
André afirmou que fara sua campanha para Dilma, mas não irá se reunir com a coordenação do PT (Foto: Cleber Gellio)André afirmou que fara sua campanha para Dilma, mas não irá se reunir com a coordenação do PT (Foto: Cleber Gellio)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje (25), durante agenda pública, que fará sua própria campanha para a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), em Mato Grosso do Sul. Ele destacou que não irá se reunir ou fazer qualquer atividade com a coordenação do PT, que deve conduzir estas atividades no Estado.

“Vou fazer a minha campanha, da maneira que sempre fiz, não poderia participar de qualquer ação em conjunto com o PT, como subir no mesmo palanque com seus candidatos, tenho muito gratidão pela presidente que não abandonou o nosso Estado, vou fazer a minha parte”, afirmou ele.

No ano passado Puccinelli já havia se comprometido a apoiar a presidente, já que segundo ele, mesmo com “pressão de terceiros”, Dilma liberou o recurso de R$ 3,2 bilhões para a execução do Programa MS Forte II, que vai atuar em diversas áreas em Mato Grosso do Sul, desde educação, saúde, infraestrutura e logística.

André chegou a dizer que faria campanha “sozinho”, caso o PMDB local escolhesse outro candidato para eleição presidencial, fato que se tornou realidade, já que o pré-candidato ao governo, Nelsinho Trad (PMDB), preferiu declarar apoio ao ex-governador Eduardo Campos (PSB).

Não houve qualquer conflito entre as lideranças do PMDB porque a direção nacional “liberou” os estados para continuar o apoio a presidente Dilma (Rousseff) ou optar por outro candidato.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions