A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/07/2009 12:58

Puccinelli minimiza críticas do prefeito de Dourados

Redação

O governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), minimizou as críticas do prefeito de Dourados, Ari Artuzi (PDT), de que o governo não está investindo no município, e de que a principal obra para a cidade, o anel rodoviário, ainda não saiu do papel.

Puccinelli, em entrevista à FM Cidade, disse que o prefeito estava brincando quando questionou que: "para fazer meia dúzia de risquinhos se demora tanto?"

Segundo André, para se elaborar o projeto executivo gasta-se, em média, seis meses. "O governo vai fazer a obra", garantiu. "Mas precisa-se fazer todos os cálculos de curva, inclinação, tipo de terreno para que a estrada não precise ser refeita", acrescentou.

Ele lembrou ainda que todas as vezes que vai a Dourados participar de cerimônias públicas, só recebe elogios do prefeito Artuzi.

No total, o anel rodoviário deve custar algo entre R$ 25 e R$ 30 milhões.

Saúde - Conforme Puccinelli, no início do mandado de Artuzi, ele ajudou a prefeitura em buscar uma solução para os graves problemas que o sistema de saúde do município vem enfrentando.

"A pedido do deputado estadual Ari Rygo [PDT], enviamos dois técnicos da Secretaria de Saúde para traçar uma solução. Depois disso, nos reunimos na governadoria e começou-se a instituir o plano. Em seguida, faltou dinheiro, e o governo está repassado por mês R$ 973 mil a mais de nossas obrigações", pontuou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions