A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/01/2011 07:28

Puccinelli se reúne com prefeitos para discutir projetos do PAC II

Aline dos Santos

O governador André Puccinelli (PMDB) e o secretário de Estado de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, se reúnem nesta terça-feira com prefeitos de municípios selecionados para participar do PAC II (Programa de Aceleração do Crescimento). A reunião será às 10h, na Governadoria, em Campo Grande.

O Ministério das Cidades selecionou projetos, apresentados pelo governo do Estado, para os municípios de Anastácio, Aquidauana, Coronel Sapucaia, Iguatemi, Ivinhema e Sete Quedas. Com valor de R$ 76 milhões, os recursos serão aplicados em obras habitacionais, pavimentação asfáltica e implantação de saneamento básico.

Também participam da reunião os prefeitos de Sidrolândia, Coxim e Pedro Gomes, municípios que foram selecionados por meio de propostas apresentadas diretamente ao Ministério das Cidades.

Conforme o site de notícias do governo, serão apresentados o cronograma para a execução das obras bem como os prazos a serem cumpridos junto ao governo federal.

Obras - O município de Anastácio será contemplado com a construção de 759 unidades habitacionais, das quais 347 serão destinadas a famílias que moram em favela. Também serão edificados três instalações comunitárias de múltiplo uso; será realizado trabalho técnico social, pavimentação e drenagem. Os bairros que sofrerão intervenção são: Tarumã, Glândio Xavier, Mauran e Jardim Bandeirantes.

Já a cidade de Aquidauana terá a construção de 380 unidades habitacionais, construção de dois equipamentos comunitários de múltiplo uso, creche, recuperação de área, trabalho técnico social, drenagem e pavimentação. Os bairros que sofrerão intervenção são: Arara Azul, São Francisco e Jardim Aeroporto.

Em Coronel Sapucaia, serão edificado 104 unidades habitacionais. Além de obra de recuperação de área degradada, trabalho técnico social, drenagem e pavimentação. O bairro a ser recuperado é o Nhu Verá.

O município de Iguatemi terá construção de 106 unidades habitacionais. Há previsão de realização de trabalho técnico social; recuperação de área degradada, pavimentação e drenagem. A área de intervenção é o Loteamento Elida Lopes Nogueira.

Já Ivinhema contará com 189 unidades habitacionais; construção de um Centro de Múltiplo Uso; trabalho técnico social; regularização fundiária de 150 lotes; pavimentação e drenagem. Áreas de intervenção são: Triguena, Guiray, Vitória, Piraveve e Itaporã, além do distrito de Amandina.

A cidade de Sete Quedas receberá 284 unidades habitacionais, além da construção de dois equipamentos comunitários de múltiplo uso, trabalho técnico social com as famílias; regularização fundiária para 36 famílias, recuperação de área degradada, pavimentação e drenagem. Os bairros de intervenção são: Loteamento Faixão, Nossa Senhora de Fátima, Vila das Marias e Parque das Roseiras.



Senhor zé carlo e toda tropa de choque do italiano: avisem ao gov. do tal pacto federativo, e quem sabe assim ele fala menos e trabalha mais.. na segurança pública, por exemplo, para tentar diminuir a mania infernal dos bandidos locais entrarem e barbarizarem dentro das casas das familias campo-grandensesses.
 
Arthur Netto em 04/01/2011 12:38:43
Eu fico pensando, que tipo de gente faz essas trocas de acusações ridiculas, precisamos entender que ninguém chega a lugar nenhum sozinho, o nosso governador é um estadista,o nosso ex presidente é um estadista com um grande coração, precisamos de pessoas assim, bato palmas para os dois, um porque sabe o que precisamos, o outro porque tem competência para trazer para si as responsabilidades e com esforço trás para seu estado o melhor. Um abraço!
 
Raquel Correia em 04/01/2011 12:23:13
Bom dia! Eita sulmatogrossense discutir Projeto do Governo Dilma com prefeitos e governo que disse durante sua posse não precisar! Quem é afinal que precisa? É o povo não governo estadual ou municipal e a presidenta foi eleita com o voto do povo, e, não com voto de cabresto. Dá-lhe Dilma e PT neles. Terão que engolir-nos por 04 anos ou mais.Obrigada.
 
Ildete F. Cabral em 04/01/2011 11:23:43
É, PetisTa é realmente igual pardal. Tem em todo lugar, não serve p/ nada e ainda faz caca sem parar...
 
sonia araujo em 04/01/2011 10:23:07
Para de ser cri cri, Arthur. Nunca ouviu falar do Pacto Federativo? E o Pucci falou de repasses que nao eram o PAC. Que petistas ignorantes.
 
Miguel Angelo em 04/01/2011 09:49:42
Senhor ué. o governo Federal não é do PT. nem da Dilma e nem do Lula, é sim do Brasil, e o nosso Estado faz parte do Brasil, pois aqui também se paga impostos que vão para o bolo da União, que por sua vez tem sim que devolver na devida proporção ao Estado, portanto o nosso Governo não precisa mesmo do Governo Federal, o que ele precisa é de projetos e isso ele tem.
 
josé carlos em 04/01/2011 09:27:15
...ué! Um dos primeiros atos do novo governo de André é reunir municípios do Estado para discutir um grande programa do Governo Federal, muito tempo liderado pela atual presidente Dilma?
Curioso, li ainda ontem que o nosso governador disse não precisar do governo federal...
 
Arthur Netto em 04/01/2011 07:49:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions