A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

30/08/2011 12:39

Quero ser o candidato da oposição em Campo Grande, diz Alcides Bernal

Fabiano Arruda

Deputado diz que procura partidos como PT, PDT e PSL para formação de alianças

O deputado estadual Alcides Bernal (PP) afirmou, nesta terça-feira, que gostaria de ser o candidato da oposição para prefeito de Campo Grande e contar com o apoio de partidos como PT, PDT, PSL e PSD.

A afirmação foi uma resposta ao possível assédio que ele sofreria do governador André Puccinelli (PMDB), que chegou a declarar que procuraria o PP para uma composição de chapa. Puccinelli, aliás, chegou a esboçar arranjos políticos que continham o nome de Bernal.

Com a declaração, o radialista garante que tem mais afinidade política com o grupo adversário do PMDB na sucessão municipal.

Sobre a procura do PMDB, o parlamentar comentou que ela não ocorreu e garante não aceitar ser vice. “Fico feliz de ser lembrado (pelo governador), mas o PP terá candidatura própria em Campo Grande e este candidato se chama Alcides Bernal”, cravou.

“Já estou trabalhando e procurando alianças com PT, PDT, PSD, PSL, pois fazem parte da coligação (exceto o PSD) em que fui eleito deputado”, complementou, frisando que na última eleição na Capital ajudou a eleger o prefeito Nelsinho Trad, no entanto, não faz parte do grupo do peemedebista.

Para o progressista, a população anseia por uma mudança na prefeitura, administrada pelo PMDB há 20 anos, bem como a alteração do grupo político que lidera o município.

Em relação a uma possível procura de Puccinelli, Bernal disse que vai ouvir a proposta e que a articulação do cacique do PMDB no Estado é normal,contudo, reiterou que seu partido terá candidato próprio na Capital. “Ele (André) só lembra da gente para ser vice”, criticou, estendendo a insatisfação a administração do prefeito Nelsinho Trad que, segundo ele, “não dá conta de resolver os problemas da cidade”.

Perguntado se houver segundo turno na disputa a prefeito em Campo Grande qual partido apoiaria, o deputado desconversou. “Vou procurar os partidos que ficaram de fora porque com certeza, caso haja segundo turno, estaremos lá”, pontuou, defendendo também que os principais partidos lancem candidatos próprios.

‘Só não sou candidato se o PMDB negar legenda’, diz Geraldo Resende
O deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS), afirmou que não abandonará a ideia de concorrer a Prefeitura de Dourados, apesar de setores favoráveis ...
Puccinelli prevê de 5 a 6 candidatos disputando a sucessão na Capital
Governador diz que espera que seu prestígio e apoio de Nelsinho empurrem candidato do PMDBO governador André Puccinelli afirmou há pouco, durante o ...


Está certo o Deputado Alcides Bernal, pois a pessoa precisa se colocar a disposição da população, para medir o seu tamanho, Deus gosta de homens destemidos, não de covardes, o André também deve lembrar-se disso, pois saiu lá duma cidadinha pequena, FÁTIMA DO SUL, minha cidade também, e venceu todos os grandes de CAMPO GRANDE, porque? o ALCIDES, não, ele terá que ir até a últimas consequências, coloque seu nome em julgamento, deixe que o povo julgue, se predominar a vontade popular, é só respeitar a PALAVRA DE DEUS, que os outros, não respeitaram, e o resto DEUS GUIA, FAZ, DIRECIONA, para o melhor caminho.
 
PEDRO BRAGA em 30/08/2011 06:18:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions