A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/09/2014 16:26

Reinaldo Azambuja afirma que quer governo com gestão transparente

Ludyney Moura
Candidato tucano afirmou que vai criar programa Obra Legal para garantir economia aos projetos estaduais (Foto: Divulgação/Alexandre C. Mota)Candidato tucano afirmou que vai criar programa "Obra Legal" para garantir economia aos projetos estaduais (Foto: Divulgação/Alexandre C. Mota)

Candidato do PSDB ao cargo que hoje é ocupado por André Puccinelli (PMDB), o deputado federal Reinaldo Azambuja, afirmou hoje (16) durante agenda de campanha, que, se eleito, terá uma gestão à frente do Estado com mais “transparência”.

"A corrupção rouba aquilo que falta na saúde, na segurança, na educação, rouba a esperança de um povo. Por isso, nosso governo terá transparência em tempo real", prometeu o candidato tucano.

Para atingir seu objetivo, Reinaldo estabeleceu como meta de campanha a criação do programa “Obra Legal”, que tem como objetivo garantir mais economia, planejamento e eficiência dos projetos executados pelo governo estadual, bem como por fim ao que o candidato classificou de “desperdício do dinheiro público”

Segundo o candidato, o “Obra Legal” terá uma de suas prioridades a conclusão das obras públicas ainda inacabadas e a fiscalização de prazos. No governo tucano, afirmou Reinaldo, nenhum projeto será iniciado sem o recurso necessário para sua conclusão.

Outra meta de transparência das contas do governo estabelecida por Reinaldo, é a instalação de nove painéis em diversas regiões do Estado, no qual vão constar os gastos com as obras para acompanhamento da população. "A transparência aproxima o poder público das pessoas", finalizou o candidato, que também pretende adotar pregões eletrônicos e implantar auditorias independentes nas secretarias estaduais.



Socorro Ministério Público Estadual!!
Oque vocês estão esperando para investigar? tem batalhão da PM sem viaturas para trabalhar faz 20 dias. Parem de ficar movendo ações de despejos contra os favelados da Cidade de Deus e investiguem esse sistema de manutenção das viaturas. Não se preocupe que, o fato de investigarem, não motivará o Governo a não repassar a verba para seus lanches da tarde, aliás, vai aqui uma dica: devolva essa verba para a SEJUSP e obriguem a gastar na compra de novos carros para a Polícia.
 
TOYOSHI SATO em 16/09/2014 21:03:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions