A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

04/07/2019 10:57

Reinaldo faz acordo com deputados para liberar verbas de emendas de 2017 e 2019

Conforme o acordo, cada deputado tem direito a indicar onde o governo deve aplicar R$ 1,5 milhão da receita

Anahi Zurutuza e Leonardo Rocha
Deputado Renato Câmara (PSD) em entrevista (Foto: Leonardo Rocha)Deputado Renato Câmara (PSD) em entrevista (Foto: Leonardo Rocha)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e deputados reuniram-se na noite desta quarta-feira (4) para discutir a liberação dos recursos das emendas parlamentares sugeridas em 2017 e também das que serão propostas para o orçamento deste ano. De acordo com parlamentares, o chefe do Executivo se comprometeu a pagar o que faltou de 2017 e liberar também todos os recursos propostos para este ano a partir de agosto.

Conforme o acordo, cada deputado tem direito a indicar onde o governo deve aplicar R$ 1,5 milhão da receita – escolas, hospitais, obras. A soma é de R$ 36 milhões.

“A conversa foi ótima”, definiu o deputado Márcio Fernandes (MDB). Segundo o parlamentar, cerca de R$ 1,3 milhão que foram indicados por ele em 2017 ainda estão represados.

O deputado Renato Câmara (MDB) revela que o governador apresentou justificativas para não ter aplicado os R$ 36 milhões de indicações da Assembleia há dois anos. “Foi em função da dificuldade financeira do Estado e do País. Houve desaquecimento de vários setores e governo teve de fazer ajustes no orçamento”.

Evander Vendramini (PP) também considerou a conversa boa. “Como o governador fez esse compromisso, podemos nem tentar emplacar as emendas impositivas”, explicou. Já Pedro Kemp (PT) não descarta que mesmo com ao acordo, seja necessário que o Legislativo faça alterações no orçamento que obriguem o Executivo a cumprir.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions