A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

11/03/2016 13:10

Remanescente no PT do B, vereador conversa com Reinaldo sobre troca de partido

Leonardo Rocha
Eduardo Cury avalia propostas para deixar o PT do B (Foto: Divulgação/CMCG)Eduardo Cury avalia propostas para deixar o PT do B (Foto: Divulgação/CMCG)

O vereador Eduardo Cury diz que estuda as propostas do PSB e Solidariedade e que deve revelar seu novo partido na próxima terça-feira (15). Ele explicou que vai deixar o PT do B, porque a direção estadual toma decisões sem consultar as lideranças do partido, razão pelo qual perdeu dois deputados estaduais e os quatro vereadores da Capital.

"Quando o partido estava no auge, precisava avançar mais, mudar de patamar, ter uma gestão eficiente que compartilhasse o poder, prestigiando os deputados e vereadores, ao invés disto o presidente (Morivaldo Firmino) queria negociar e articular sozinho", afirmou ele, durante evento de filiação do PTB, na Câmara Municipal.

Cury revelou que descartou o convite do PSDB, PMDB e PTB, e que prefere seguir para um partido mais "tranquilo", já que estes receberam muitas lideranças. "Estou conversando muito com o governador (Reinaldo Azambuja) antes de tomar esta decisão, estudo as propostas do PSB e Solidariedade".

A janela partidária foi aberta no dia 18 de fevereiro e vai fechar no final da semana que vem. A troca de partidos mudou o cenário na Câmara Municipal. A bancada do PMDB, antes a maior com seis vereadores, está no momento com quatro e pode perder mais integrantes. Já o PSDB tinha dois representantes e agora conta com cinco, mesmo número do PTB.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions