A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/09/2016 12:52

Rose tem parte do programa eleitoral cortado por usar recursos gráficos

Ricardo Campos Jr.

A propaganda de Rose Modesto (PSDB) no horário eleitoral desta segunda-feira (5) teve um corte de 2 minutos e 32 segundos por decisão da Justiça Eleitoral. A candidata tucana, detentora do maior tempo entre os 15 concorrentes, foi punida pelo uso de recursos gráficos, o que é proibido pela legislação vigente. Com a redução, o programa durou somente 1 minuto e 12 segundos.

O processo foi aberto pelo candidato Marcos Trad (PSD). Na semana passada, a juíza Eucélia Moreira Cassal, responsável pelo caso, determinou em caráter liminar que o material questionado não fosse mais veiculado.

Eles compreendem uma seta que aparece voando sobre imagens aéreas da Capital e um cenário virtual com veículos sem motorista.

A defesa da candidata alega que os vídeos em questão não foram feitos por computador. Segundo os advogados, o primeiro caso corresponde à vinheta de abertura da propaganda, o que seria permitido. No caso dos veículos, o motorista acabou ofuscado pela iluminação, não sendo possível notá-lo.

Entretanto, Eucélia não acatou as alegações. “A inobservância do disposto neste artigo sujeita o partido ou coligação à perda de tempo equivalente ao dobro do usado na prática do ilícito”, sustentou a magistrada.

Como o material irregular teve duração total de 1 minuto e 16 segundos, a punição alcançou 2 minutos e 32 segundos.

A assessoria de imprensa de Rose afirmou que os advogados irão recorrer da decisão. 

Justiça suspende propaganda de Rose por uso de computação gráfica
A Justiça Eleitoral suspendeu a propaganda da coligação Juntos por Campo Grande, de Rose Modesto (PSDB), veiculada no horário eleitoral de sexta (26)...
Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions