ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 32º

Política

Sai Claudinho Serra e Ademir Santana pode assumir Funesp

Tucano alegou motivos pessoais para deixar o cargo, a fim de acompanhar gravidez de risco da esposa

Por Adriel Mattos | 01/12/2021 17:07
Trad (à esquerda) recebeu e aceitou demissão de Serra (à direita). | Foto: Divulgação/CMCG
Trad (à esquerda) recebeu e aceitou demissão de Serra (à direita). | Foto: Divulgação/CMCG

O diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Cláudio Serra Filho, o Claudinho Serra, pediu exoneração nesta quarta-feira (1º). Ele alegou motivos pessoais.

Em publicação nas redes sociais, Serra justificou que quer acompanhar a esposa, a médica Mariana Camilo, que tem uma gestação de risco. “Como todos sabem serei pai e minha esposa passa por uma gravidez que exige cuidados. Por isso, tenho refletido nas últimas semanas sobre a necessidade de estar mais perto dela, acompanhando nosso filho crescer”, escreveu.

Ao Campo Grande News, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) confirmou o pedido. O vereador Ademir Santana (PSDB) é cotado para assumir o cargo, e é bem avaliado pelo pessedista.

“Tem 100% do meu apoio. É do esporte e um vereador atuante. Ele é qualificado”, destacou Marquinhos. O PSDB indicou Serra em abril, e pode apontar o próximo chefe da Funesp.

Santana, por sua vez, disse que ainda não foi consultado. Mas está disposto a assumir a função e elogiou a harmonia entre a administração de Marquinhos e do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). “Não houve conversas, mas estou pronto, sou soldado do partido. Quem ganha é a população [com a sintonia dos gestores]. Me dedicarei 100% como no mandato de vereador”, comentou.

Nos bastidores, o nome de Serra está na lista para o titular da Secretaria Municipal de Administração de Sidrolândia. Ele é genro da prefeita Vanda Camilo (PP). A reportagem procurou tanto Serra como Vanda, mas ambos não atenderam as ligações.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário